PUBLICIDADE
Topo

Diretora responsável pelo Enem pede exoneração a 3 meses da data do exame

Michele Melo, economista, pediu exoneração ontem - só 3 meses antes do Enem 2022 - Ministério da Educação
Michele Melo, economista, pediu exoneração ontem - só 3 meses antes do Enem 2022 Imagem: Ministério da Educação

Do UOL, em São Paulo

04/08/2022 19h24Atualizada em 04/08/2022 21h45

Principal responsável pela formulação do Enem, a diretora da Daeb (Diretoria de Avaliação da Educação Básica) Michele Melo pediu exoneração do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), ontem —faltando pouco mais de três meses para o primeiro dia do Enem, em 13 de novembro.

A diretora será substituída, interinamente, pelo servidor da autarquia Rubens Campos de Lacerda Junior, a partir de amanhã.

Como diretora de Educação Básica do Inep, Michele Melo trabalhava próxima ao ex-presidente do instituto Danilo Dupas - que pediu demissão "por motivos pessoais", no final de julho. Além disso, a profissional respondia como presidente substituta do Inep.

A área, na qual Michele Melo trabalhava cuida diretamente da prova do Enem, além de outras avaliações do Inep, protagonizando a definição de "parâmetros, critérios e mecanismos de realização das avaliações da educação básica", segundo site do instituto.

Quem é Rubens Campos de Lacerda Junior?

Oitavo a ocupar o posto desde o início do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL), Rubens Lacerda é graduado em sociologia e trabalha no Inep desde 2013. O profissional foi coordenador e coordenador-geral do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) na Diretoria de Avaliação da Educação Superior do Instituto.

Sua atuação na Daeb, no entanto, começou sob a diretoria de Michele Melo, como parte da Coordenação-Geral de Exames para Certificação da Daeb, onde executa trabalhos do Banco Nacional de Itens (BNI) e da equipe pedagógica que está construindo a matriz de referência do Enem de 2022.