Conteúdo publicado há 30 dias

Quatro escolas públicas do Brasil são indicadas a 'Melhor Escola do Mundo'

Quatro colégios públicos brasileiros foram selecionados como os finalistas do Prêmio das Melhores Escolas do Mundo em 2024, organizado pela plataforma T4 Education.

O que aconteceu

Escolas selecionadas "transformam vidas dentro das salas de aula e muito além". O prêmio avalia colégios do mundo todo em cinco categorias: "Colaboração da Comunidade"; "Ação Ambiental"; "Inovação"; "Superando Adversidades" e "Apoiando Vidas Saudáveis".

Colégios brasileiros indicados estão espalhados pelo país. São eles: Escola Estadual Deputado Pedro Costa, em São Paulo (indicada na categoria "Colaboração da Comunidade"); EEEM Professora Maria Das Graças Escócio Cerqueira, em Itaituba, no Pará (indicada na categoria "Ação Ambiental"); Colégio Militar de Manaus, indicado na categoria "Inovação", e o Núcleo de Ensino da Unidade de Internação de Santa Maria, no DF (indicada na categoria "Superando Adversidades").

A votação se encerra em quinze dias. O público geral pode votar clicando aqui.

Conheça as escolas brasileiras indicadas

Escola de São Paulo usa xadrez e clube de atletismo para formar alunos. A Escola Estadual Deputado Pedro Costa, em São Paulo (indicada na categoria "Colaboração da Comunidade") é "impulsionada pela missão de desenvolver cidadãos conscientes e transformadores", e "revitalizou a sua abordagem à educação, integrando atividades esportivas e cognitivas únicas. Esta iniciativa catalisou um envolvimento significativo da comunidade, transformando a escola num centro vibrante onde os recursos locais são aproveitados para expandir as oportunidades educacionais".

Colégio de Manaus se destaca em educação em áreas de difícil acesso. O Colégio Militar de Manaus (indicado na categoria "Inovação") recebeu vários prêmios, incluindo o Prêmio de Inovação Digital e distinções em feiras científicas nacionais, "sublinhando o seu compromisso com a excelência no e-learning". Além disso, tem mantido as notas mais altas entre as escolas militares brasileiras, validando sua qualidade educacional.

Instituição de Santa Maria usa rap para educar jovens detidos. O Núcleo de Ensino da Unidade de Internação de Santa Maria, no DF (indicada na categoria "Superando Adversidades"), se destaca pelo seu projeto RAP, acrônimo para "Ressocialização, Autonomia e Protagonismo", que usa do estilo musical para promover educação, direitos humanos e reduzir a reincidência criminal dos alunos.

Escola paraense transforma alunos em "guardiões da Amazônia". A EEEM Professora Maria Das Graças Escócio Cerqueira, em Itaituba, no Pará (indicada na categoria "Ação Ambiental"), ensina seus alunos, na prática, a reflorestarem e a cuidarem da mata nativa, "transformando-a de uma escola regular em um modelo educacional procurado pela região, demonstrando um forte compromisso com a sustentabilidade ecológica e educacional".

Errata:

o conteúdo foi alterado

  • Diferentemente do que informou a primeira versão deste texto, o Núcleo de Ensino da Unidade de Internação de Santa Maria fica no Distrito Federal, não no Rio Grande do Sul. O texto foi corrigido.

Deixe seu comentário

Só para assinantes