Topo

Sisu 2019: cronograma, inscrições e tudo o que é preciso saber

Paulo Felix

21/01/2019 17h15

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam nesta terça-feira (22) e vão até as 23h59 da sexta-feira (25). Para a edição do primeiro semestre de 2019, serão ofertadas 235.476 vagas em 129 instituições de ensino superior de todo o País, segundo o Ministério da Educação (MEC).

O processo seletivo, aplicado desde 2010, é o mecanismo utilizado por universidades públicas para oferecer vagas a estudantes que realizaram o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). Além de ter feito a edição de 2018 do exame, os candidatos precisam ter alcançado nota superior a zero na prova de Redação.

O resultado do Enem foi divulgado na última sexta-feira (18). Às 8 horas desta segunda-feira (21), o número de acessos na Página do Participante superou 3 milhões, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Além do Sisu, as notas do Enem podem ser usadas para o Programa Universidade para Todos (ProUni) e para a inscrição em universidades de Portugal.

Os interessados em participar do Sisu 2019 devem se inscrever pelo site do programa e podem escolher até duas opções de curso. É permitido alterar a escolha durante o período de inscrições. A ordem de preferência de instituição, local de oferta, curso, turno e modalidade de concorrência deve ser especificada.

No dia 28, será divulgado o resultado da chamada regular e as matrículas serão entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro.

Entre os dias 28 de janeiro e 4 de fevereiro, será possível se inscrever para a lista de espera. A convocação dos candidatos será realizada a partir de 7 de fevereiro.

Simulador

Neste ano, o MEC lançou o simulador de notas para o Sisu, uma ferramenta que o candidato pode usar para verificar, com base nas notas que tirou no Enem, em quais universidades seria aprovado e quais as opções disponíveis para a sua pontuação.

O simulador está disponível para download e pode ser usado para facilitar a escolha da universidade e do curso que o aluno pretende concorrer.

Prouni

A partir do dia 29, começam as inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas de estudo integrais e parciais em instituições de ensino superior privadas. Os interessados devem se inscrever até as 23h59 do dia 1º de fevereiro.

O processo seletivo é voltado para estudantes egressos do ensino médio na rede pública ou de escolas particulares caso tenham sido bolsistas integrais, pessoas com deficiência e professores da rede pública. O candidato também precisa ter renda familiar per capita de até três salários mínimos. Para participar do ProUni, o candidato não pode ter diploma de ensino superior.

A seleção é para o primeiro semestre de 2019 e as inscrições dever ser feitas pelo site do programa do MEC.

Portugal

Os resultados do Enem também podem ser utilizados em instituições de ensino superior de Portugal. Segundo o Inep, já foram firmados convênios com 37 instituições, entre elas as universidades de Coimbra, de Lisboa e do Porto.

O convênio mais recente foi realizado com a Universidade Europeia, que oferece cursos nas áreas de Gestão, Direito, Psicologia, Comunicação e, de acordo com o instituto, um de seus destaques é a formação na área de Gestão Hoteleira e Turismo.

Um levantamento do Inep, considerando 23 instituições portuguesas e dados até abril de 2018, aponta que 1.200 brasileiros já ingressaram em faculdades de Portugal por meio desses convênios.

Sisu 2019

Qual o período de inscrição para o Sisu 2019?

De 22 a 25 de janeiro.

Quando o resultado do Sisu será divulgado?

No dia 28 de janeiro.

Qual será o período de matrícula do Sisu?

Entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro.

Quando será possível se inscrever para a lista de espera do Sisu 2019?

Entre os dias 28 de janeiro e 4 de fevereiro e a convocação dos candidatos será realizada a partir de 7 de fevereiro.

Qual a diferença entre Sisu e ProUni?

O Sisu é o sistema informatizado, gerenciado pelo MEC, por meio do qual as instituições públicas de educação superior participantes selecionam novos estudantes exclusivamente pela nota do Enem. O ProUni oferece bolsas de estudos em instituições privadas de educação superior e tem como foco estudantes brasileiros sem diploma de nível superior e com renda de até três salários mínimos

Mais Educação