Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://educacao.uol.com.br/album/mobile/2015/03/14/saiba-mais-sobre-os-grandes-poetas-nacionais.htm
  • totalImagens: 11
  • fotoInicial: 11
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20150314060500
    • Literatura [52595]; Poesia brasileira [54151];
Fotos

Gonçalves Dias (1823-1864) foi colega dos principais escritores da primeira fase do Romantismo português. Inspirado por essa convivência e a saudade da pátria, escreveu a "Canção do Exílio" Wikimedia Commons Mais

Olavo Bilac (1865-1918) pertenceu à Escola Parnasiana Brasileira, sendo um dos seus principais representantes, ao lado de Alberto de Oliveira e Raimundo Correia Reprodução Mais

Castro Alves (1847-1871) é considerado um dos mais brilhantes poetas românticos brasileiros e é chamado de "cantor dos escravos", por seu entusiasmo diante das grandes causas da liberdade e da justiça Wikimedia Commons Mais

Cecília Meireles (1901-1964) escreveu e viajou bastante. Um de seus livros mais famosos é 'Romanceiro da Inconfidência', publicado em 1953, sobre os conflitos históricos na Vila Rica do século 18 Acervo UH/Folhapress Mais

Cruz e Souza (1861-1898) consagrou-se como o fundador do Simbolismo brasileiro, por combinar o parnasianismo, o pessimismo, o materialismo à musicalidade simbolista, sob as influências de Baudelaire e Antero de Quental Reprodução Mais

"Eu não disse ao senhor que não sou senão poeta?", escreveu certa vez. E de fato, apesar do retraimento e do jeito avesso à publicidade, Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) era, dentro e fora do Brasil, uma espécie de personificação da poesia Acervo Arquivo-Museu de Literatura Brasileira da Fundação Casa de Rui Barbosa Mais

A poesia sátira política tornou-se uma das vertentes mais conhecidas da obra de Gregório de Matos (1633-1696) Reprodução/Revista do Brasil Mais

Manuel Bandeira (1886-1968) entrou na Escola Politécnica em 1903, em SP. No ano seguinte, abandonou os estudos por causa da tuberculose e retornou para o Rio, onde escreveu poesia e prosa. Mário de Andrade o chamaria de "São João Batista do modernismo brasileiro" Divulgação Mais

Oswald de Andrade (1890-1954) escreveu o "Manifesto Antropofágico", em que propôs que o Brasil devorasse a cultura estrangeira e criasse uma cultura revolucionária própria Wikimedia Commons Mais

Tomás Antônio Gonzaga (1744-1810), cujo nome arcádico é Dirceu, escreveu poesias líricas, típicas do arcadismo, com temas pastoris e de galanteio, dirigidas à sua amada, a pastora Marília Reprodução Mais

Vinicius de Moraes (1913-1980) já compunha versos ao cursar os estudos secundários em sua cidade natal. Em 1930, ingressou na Faculdade Nacional de Direito. Formou-se em 1933, mesmo ano em que lançou seu primeiro livro de poemas, "O Caminho para a Distância" Divulgação Mais

Saiba mais sobre 11 grandes poetas nacionais

Mais álbuns de UOL Educação x

Últimos álbuns de Educação

UOL Cursos Online

Todos os cursos