Artes

Zeus: O rei dos deuses, senhor do Olimpo

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

O deus maior da mitologia grega é Zeus, filho do titã Cronos e da titânide Rea. Cronos, que reinava no universo, foi advertido por um oráculo que um de seus filhos iria destroná-lo. Passou, portanto, a devorar sua prole, logo após o nascimento. Ao dar a luz ao sexto filho, Rea resolveu salvá-lo da determinação paterna por meio de um ardil. Escondeu o menino e deu a Cronos uma pedra envolvida em fraldas, do tamanho do recém-nascido. Cronos engoliu a pedra e Zeus sobreviveu.

Há várias versões da lenda do nascimento de Zeus. Segundo a maioria delas, ele nasceu na ilha de Creta, num monte que pode ter sido o Egeon, o Dicte ou o Ida. Foi criado por semideuses e por ninfas, tendo sido amamentado por uma cabra chamada Amalteia, cujo couro, depois de morta, revestiu o escudo de Zeus, conhecido como égide.

Ao tornar-se adulto, Zeus resolveu conquistar o trono de seu pai, ao qual deu de beber uma droga que o fez vomitar os outros filhos anteriormente engolidos: Deméter, Hera, Héstia, Hades e Poseidon. Juntos, os irmãos enfrentaram Cronos e os outros titãs, contando com a ajuda dos Cíclopes e dos gigantes Hecatônqueires, que Zeus havia libertado do Tártaro, região situada nas profundezas do mundo, abaixo do próprio inferno.

Os poderes do Universo

Após um combate feroz do qual saíram vitoriosos, Zeus e seus irmãos sortearam entre eles os poderes sobre o universo. Desse sorteio, resultou que o mar se tornasse domínio de Poseidon e o inferno (entendido como o mundo subterrâneo), de Hades. A Zeus coube o céu e a soberania entre os demais deuses. Houve algumas tentativas de revolta contra Zeus, mas ele sempre conseguiu derrotar os rebeldes. O topo do monte Olimpo tornou-se o palácio do rei dos deuses.

Zeus casou diversas vezes. Suas esposas foram Métis, Têmis, Dione, Eurínome, Mnemosine, Leto, Deméter e Hera, sendo essas duas últimas suas irmãs. A união com Hera foi chamada de “sagrada”, por ter sido a definitiva. Mesmo assim, Zeus teve muitas amantes entre as mulheres mortais e semideusas. Desse grande número de esposas e amantes nasceram filhos divinos (entre os quais Atena, Apolo, Afrodite, Ártemis, Ares e Perséfone) e semidivinos (entre eles, Héracles, Tântalo, Aquiles, Ájax e Helena). Insaciável, Zeus não se limitou a mulheres, tendo raptado também o belo troiano Ganimedes.

Zeus era o Júpiter dos romanos.

Fontes:

  • Dicionário de Mitologia Grega e Romana, Mário da Gama Kury, Jorge Zahar Editor.
  • Dicionário Mítico-Etimológico, Junito Brandão, Editora Vozes.

UOL Cursos Online

Todos os cursos