PUBLICIDADE
Topo

Após quebra de segurança, Inep refaz prova do Encceja e mantém calendário

O Encceja é uma oportunidade para quem não concluiu os estudos na idade adequada - Getty ImagesGetty Images
O Encceja é uma oportunidade para quem não concluiu os estudos na idade adequada Imagem: Getty ImagesGetty Images

Stella Borges

Do UOL, em São Paulo

04/06/2019 10h36

O presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), Alexandre Lopes, disse hoje que a quebra em um protocolo de segurança envolvendo a prova do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos) não vai atrapalhar a aplicação do exame, marcado para o dia 25 de agosto.

O Encceja dá certificação de ensino fundamental e médio e é uma oportunidade para quem não concluiu os estudos na idade adequada. Segundo ele, o problema foi "superado".

"Nós enviamos uma nova prova (para a gráfica) dentro dos padrões estabelecidos pelo Inep. Então, essa questão foi superada e agora a gente tem tranquilidade para continuar a execução do Encceja dentro dos prazos estipulados", disse Lopes em entrevista coletiva nesta manhã em Brasília.

De acordo com o presidente do Inep, os servidores responsáveis pela falha, que não tiveram seus nomes divulgados, foram afastados.

Lopes informou apenas que um deles que, não era servidor do Inep, foi afastado definitivamente e o outro segue exercendo suas funções fora do cargo comissionado.

Inscrições

Segundo o Inep, 2.973.375 pessoas se inscreveram para fazer o exame, um aumento de 75% em relação ao ano anterior.

O órgão atribui este crescimento, entre outros motivos, à vontade das pessoas de melhorarem suas condições de emprego por meio da certificação.

A prova será aplicada em 611 municípios no dia 25 de agosto. Na parte da manhã, os inscritos responderão a questões de ciências da natureza e matemática. À tarde, língua portuguesa, ciências humanas e terão que escrever uma redação.

O Inep informou que os participantes terão seus lanches revistados no exame e que a emissão de som de aparelhos eletrônicos durante a aplicação da prova acarretará na eliminação do candidato.