Topo

MEC abre consulta pública sobre plano para universidades; veja como opinar

17.jul.2019 - O ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante apresentação do Future-se - Luis Fortes/MEC
17.jul.2019 - O ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante apresentação do Future-se Imagem: Luis Fortes/MEC

Ana Carla Bermúdez

Do UOL, em São Paulo

18/07/2019 13h17Atualizada em 19/07/2019 08h21

Está aberta para consulta pública a proposta inicial do Future-se, programa para financiamento das universidades federais anunciado ontem pelo MEC (Ministério da Educação). A pesquisa pode ser acessada pela internet.

O plano do MEC prevê a criação de um fundo de R$ 102,6 bilhões (constituído por recursos públicos, mas de administração privada), além de estímulos à captação de recursos privados para as universidades federais. A adesão das instituições será voluntária. Veja a íntegra da proposta.

A consulta pública ficará aberta até o dia 7 de agosto. Depois disso, as sugestões serão analisadas pelo MEC, que consolidará uma proposta final a ser levada para o Congresso.

Para participar, é preciso fazer um cadastro inicial, informando nome, e-mail e CPF. Em seguida, o participante deve responder a um questionário sobre seu perfil (país de residência, estado e município, escolaridade, faixa etária e ocupação).

Página da consulta pública do Future-se, programa proposto pelo MEC - Reprodução
Página da consulta pública do Future-se, programa proposto pelo MEC
Imagem: Reprodução

Só então o formulário da consulta pública é liberado para resposta pelo participante. A pesquisa tem 10 páginas. Elas trazem o texto da íntegra do projeto e se dividem em tópicos:

  • Objetivos gerais
  • Operacionalização
  • Papel da Organização Social
  • Fomento
  • Eixo 1: Governança, Gestão e Empreendedorismo
  • Eixo 2: Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação
  • Eixo 3: Internacionalização
  • Eixo 4: Fundo da autonomia financeira das Ifes
  • Comitê Gestor

Em cada tópico, o participante pode avaliar se considera o texto apresentado "totalmente claro", "claro com ressalvas" ou se "não está claro". Caso escolha uma das duas últimas opções, o participante pode escrever sugestões para tornar o texto mais claro.

Também é possível deixar um comentário adicional, independentemente da opção escolhida no primeiro item.

A pesquisa não pergunta se o participante concorda ou discorda da proposta apresentada para o Future-se. Na última página da consulta pública, é possível deixar um comentário geral sobre o projeto.

MEC propo?e criac?a?o de fundo para financiamento privado das universidades

UOL Notícias

Mais Educação