PUBLICIDADE
Topo

Weintraub diz que vai liberar R$ 450 mi para escolas comprarem álcool gel

Álcool em gel acoplado em parede - Marcelo Bittencourt/Futura Press/Estadão Conteúdo
Álcool em gel acoplado em parede Imagem: Marcelo Bittencourt/Futura Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

16/03/2020 19h55

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, divulgou na tarde de hoje que o MEC deve liberar R$ 450 milhões para as escolas comprarem itens de higienização diante da pandemia de coronavírus, como sabonetes e álcool em gel.

"Realizamos a primeira reunião do Comitê de Emergência sobre a situação do coronavírus em instituições de ensino. Liberamos R$ 450 milhões para reforço das medidas preventivas em escolas da educação básica, como a compra de álcool em gel", escreveu ele no Twitter.

Em vídeo, o ministro afirma que o dinheiro deve ser destinado à compra de "sabonete, água sanitária, papel toalha, itens de higienização de prevenção ao coronavírus". O intuito, ele alega, é permitir que as crianças retornem às escolas em ambientes saudáveis.

O valor liberado é referente à antecipação do repasse das duas parcelas do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Básico, com previsão inicial para abril e setembro.

Mais cedo, a pasta divulgou que deve publicar, ainda esta semana, uma portaria que autoriza a substituição, por 30 dias, de aulas presenciais pela modalidade à distância.

Com informações da Agência Brasil