PUBLICIDADE
Topo

Esse conteúdo é antigo

São Paulo: Secretário espera baixa adesão na reabertura das escolas

Bruno Caetano, secretário municipal de Educação da cidade de São Paulo - Divulgação
Bruno Caetano, secretário municipal de Educação da cidade de São Paulo Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

05/10/2020 08h38

O secretário municipal de Educação de São Paulo, Bruno Caetano, disse hoje não esperar uma grande adesão por parte dos alunos na primeira fase da reabertura das escolas, marcada para quarta-feira (7). A partir desta data, escolas públicas e particulares na capital estão autorizadas a realizar atividades extracurriculares.

"É claro que nesse primeiro momento uma parte muito pequena vai voltar. Lembrando que a escola municipal pode voltar em dois momentos para essas atividades extracurriculares, agora na quarta é a primeira fase, não esperamos uma grande adesão, deve ser uma adesão muito pequena ainda, e a partir do dia 19 de outubro temos essa segunda fase das atividades extracurriculares, aí sim com uma adesão maior", afirmou o secretário, em entrevista à Globonews.

Caetano lembrou que a administração municipal está conduzindo a realização de um censo sorológico com todos alunos acima dos quatro anos de idade e profissionais da educação municipal. Ao todo, serão testadas 777 mil pessoas.

"Estamos fazendo teste de todos os alunos, não conheço nenhuma cidade do porte da de São Paulo que está condicionando o retorno às aulas aos testes. Vamos testar todos os nossos estudantes, todos os nossos professores. Esses testes começaram na última semana, caminham agora ao longo de todo o mês de outubro e início de novembro", explicou.

Segundo o secretário, as escolas estão equipadas com termômetros para aferição da temperatura, e os professores estão sendo orientados para o caso de identificação de um caso de covid-19.

"As escolas estão preparadas com os equipamentos para medir temperatura, as formações dos professores, identificado um caso de coronavírus tem um protocolo de suspender por 14 dias toda aquela sala onde aquele aluno ou aquele profissional foi identificado", esclareceu.