PUBLICIDADE
Topo

Enem

Conteúdo publicado há
3 meses

2º dia do Enem digital tem ausência de mais de 70% dos estudantes

07.fev.21 - Presidente do Inep, Alexandre Lopes, apresenta balanço do Enem 2020 - Reprodução/Youtube
07.fev.21 - Presidente do Inep, Alexandre Lopes, apresenta balanço do Enem 2020 Imagem: Reprodução/Youtube

Do UOL, em São Paulo

07/02/2021 20h47

O segundo dia do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) digital terminou com 71,3% de abstenção dos estudantes. Dos 93.079 inscritos, 66.370 se ausentaram e apenas 26.709 realizaram a prova. O balanço foi divulgado hoje pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

Outros 38 estudantes compareceram, mas foram eliminados por desrespeitarem alguma regra do Enem —desde esquecer o documento de identificação até usar celular dentro do local de prova.

Segundo o presidente do órgão, Alexandre Lopes, é "normal" um índice maior de ausência dos estudantes no segundo dia de aplicação da prova. No primeiro domingo de Enem digital, a abstenção também foi alta, de 68,1%.

"Isso acontece tanto no Enem digital quanto no impresso. O nível de ausência era esperado. É uma opção individual", comentou Alexandre Lopes. "Da nossa parte é gratificante que pessoas que queiram fazer a prova, consigam fazer a prova e, se tiverem algum problema, que tenham uma segunda chance, que é a reaplicação".

Neste segundo domingo de aplicação do Enem digital, os estudantes tiveram cinco horas para responder 90 questões de matemática e ciências da natureza. A prova foi aplicada em 4.053 laboratórios de 104 municípios brasileiros.

O Inep ressalta que todos os computadores foram vistoriados e inspecionados antes da prova e não tinham acesso à internet ou a funções como a calculadora.

Divulgação de resultados

O gabarito oficial do Enem será divulgado pelo Inep no dia 10 de fevereiro. A nota de cada estudante será liberada no dia 29 de março —exceto para treineiros, que podem conferir os resultados a partir do dia 28 de maio.

O chamado espelho da redação, uma cópia do texto escrito pelos estudantes, poderá ser acessado também no dia 28 de maio com as análises pedagógicas.

O Enem digital será obrigatório a partir de 2026. "É um processo de implantação gradual e substituição das provas de papel, que ficarão na história", afirmou o presidente do Inep.

Alexandre Lopes também prometeu uma expansão do digital para a edição do Enem 2021. A previsão é de que a próxima prova seja realizada entre novembro e dezembro.

Como se inscrever para a reaplicação

Os candidatos ao Enem digital que foram impedidos de fazer as provas devido a "incidentes logísticos" podem se inscrever para a reaplicação da prova a partir de amanhã (8). O prazo termina na sexta (12). O Inep considera como incidentes logísticos "fatores supervenientes, peculiares, eventuais ou de força maior".

Entre os exemplos dados pelo órgão estão desastres naturais que prejudiquem a aplicação da prova por problemas de infraestrutura, falta de energia elétrica, falha no computador fornecido e problemas no aplicador que comprometam a participação do candidato, entre outros.

É necessário solicitar a reaplicação da prova na Página do Participante e acompanhar o resultado —a aprovação do Inep não é automático e cada caso é avaliado individualmente.

A data da reaplicação é a mesma tanto para os candidatos que se inscreveram no Enem digital quanto para o impresso. Todos realizarão a prova no formato tradicional, no papel. Não haverá reaplicação em formato digital.

Enem