PUBLICIDADE
Topo

Suspeitos de fraudar Enem viram alvo de busca e apreensão da PF no Pará

Imagem ilustrativa mostra políciais federais - Divulgação/Polícia Federal
Imagem ilustrativa mostra políciais federais Imagem: Divulgação/Polícia Federal

Do UOL, em Sâo Paulo

02/12/2021 23h19

A PF (Polícia Federal) realizou hoje busca e apreensão de celulares e documentos na residência de duas pessoas, em Belém (PA), suspeitas de fraudar o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Segundo informações do MPF (Ministério Público Federal), um dos suspeitos que fazia a prova em uma escola do município de Benevides (PA), conseguiu utilizar o celular para se comunicar com pessoas que estavam fora do prédio.

Ele teria repassado fotos das questões a especialistas nos temas das provas, e o outro suspeito ficou responsável por fazer os pagamentos aos especialistas, de acordo com as investigações.

A PF encontrou caderno com um gabarito do exame e números de Pix de pelo menos sete especialistas contratados na residência de um dos suspeitos. Os itens apreendidos vão passar por perícias da equipe de investigação do caso.

Os investigadores também apuram a suspeita de que não houve controle da entrada de celulares nas provas aplicadas na escola de Benevides onde um dos suspeitos participou do exame. Os suspeitos não tiveram as identidades reveladas.

Esquema denunciado

O esquema foi denunciado por um dos especialistas contratados pelos suspeitos. Ele foi procurado por pessoa que se apresentou como estudante, antes da aplicação da prova, e pediu que ele resolvesse questões do estilo das aplicadas pelo Enem.

Um dos suspeitos enviou o pagamento ao especialista no domingo, informando que à tarde seriam enviadas as questões e que o estudante precisava das respostas até as 17 horas.

Fotos de um caderno de questões do Enem foram enviadas ao especialista no início da tarde, e na maioria das imagens tinha sido apagada a informação do ano de aplicação da prova. No entanto, em uma das fotos ainda constava a informação de que o caderno era da edição deste ano do exame.