Toca até desligado: como estas marcas de celular podem te eliminar do Enem

Vai prestar o segundo dia de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) no próximo domingo (12)? Você precisa ficar esperto com seu telefone.

Aparelhos de algumas marcas conseguem acionar o alarme mesmo com o celular desligado —e isso é motivo de desclassificação no exame.

Celulares da Apple, Samsung e Motorola ficam "100% inativos" quando desligados. Já alguns smartphones das marcas Xiaomi e Realme podem tocar o alarme se estiverem desligados.

A função, que ajuda a acordar no horário ou a lembrar de um compromisso, acaba sendo vilã de quem presta a prova.

Por que você deve tomar cuidado?

Vários participantes foram desclassificados do Enem no último domingo (5) porque seus celulares tocaram durante a prova —o que é proibido pela organização do exame.

"Nem sabia que isso acontecia", afirmou o estudante B.D.,17, que foi desclassificado do Enem no último domingo após seu telefone Xiaomi desligado tocar às 16 horas, horário que tinha configurado para tocar um alerta para tomar um remédio.

Segundo boletim do Ministério da Educação, divulgado na noite de domingo (5), 4.293 participantes do Enem foram eliminados durante o exame, por diferentes motivos, como portar equipamento eletrônico, ausentar-se antes do horário permitido e não atender orientações dos fiscais.

Desde 2019, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), que organiza o Enem, tem sido implacável com ruídos emitidos por celulares.

Continua após a publicidade

No site do Inep, é descrito que é proibido o uso de "qualquer objeto eletrônico" durante a prova, e que o participante deve guardar "esses materiais desligados em um porta-objetos antes de entrar na sala".

Tem celular Xiaomi ou Realme? Desative o alarme

O ideal é nem levar o celular para a prova, para não correr risco, mas, se for necessário carregar o aparelho, tome cuidado.

Se for prestar o Enem e tem um celular da Xiaomi ou Realme, não se esqueça de desativar o alarme. Basta ir até o ícone do relógio, procurar pelos alarmes e desativá-los, sobretudo se estão configurados para o horário de duração do exame.

Em testes, o alarme não chega a ser ativado se o celular é desligado com menos de 20% de bateria, porém é melhor prevenir e desativar a opção antes de começar a prova.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes