Topo

Educação

Vestibular


Cerca de 2,5 milhões de candidatos faltam às provas do Enem 2014

Bruna Borges

Do UOL, em Brasília

09/11/2014 20h22

Cerca de 2,5 milhões de candidatos inscritos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) faltaram às provas deste ano, informou o MEC (Ministério de Educação) neste domingo (9).

O ministro da Educação, José Henrique Paim, informou que o índice de abstenção foi de 28,6% em 2014. O total de inscritos neste ano foi 8.721.946.

“Historicamente o Enem tem apresentado este número de abstenção”, comentou o ministro.

Neste ano, o MEC realizou uma ação de conscientização dos candidatos para que não faltem às provas do Enem. O ministério enviou mensagens de celular e e-mail aos candidatos deste ano que faltaram no ano passado. 

“É importante a inscrição e participação. Nós tivemos uma melhora pequena e devemos, a partir desses resultados, nos debruçar sobre que tipo de medidas nós devemos tomar e que sejam mais duras para evitar este tipo de abstenção”, afirmou o ministro.

Prejuízo

No ano passado, a abstenção foi de cerca de 29% dos candidatos inscritos, o que significa mais de 2 milhões de estudantes. À época, o ministério informou que o gasto com os cerca de 2 milhões que não compareceram à prova foi de aproximadamente R$ 58 milhões.

Por causa do alto número de faltosos, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) informou que analisa a possibilidade de cobrança dobrada da taxa de inscrição para candidatos pagantes que tenham faltado no exame e a retirada da isenção no caso de alunos de escola pública.

Entre as possibilidades analisadas estão a cobrança dobrada da taxa de inscrição para candidatos pagantes que tenham faltado no exame e a retirada da isenção no caso de alunos de escola pública.

Mais Vestibular