PUBLICIDADE
Topo

Vestibular

Minas é Estado com maior número de inscritos que farão Enem em dezembro

Alunos ocupam Escola Estadual Governador Milton Campos, em Belo Horizonte (MG) em protesto contra a PEC 241 e a reforma do ensino médio - Rayder Bragon/UOL
Alunos ocupam Escola Estadual Governador Milton Campos, em Belo Horizonte (MG) em protesto contra a PEC 241 e a reforma do ensino médio Imagem: Rayder Bragon/UOL

Do UOL, em São Paulo

01/11/2016 18h40

Minas Gerais, Paraná e Bahia são os Estados que possuem mais inscritos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) que terãoa prova adiada por causa das ocupações de estudantes secundaristas. Os manifestantes são contrários à PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 241 e à reforma do ensino médio proposta pelo MEC (Ministério da Educação). Ao todo 191.494 inscritos foram afetados.

Os mineiros foram os mais afetados: 42.671 inscritos farão as provas só nos dias 3 e 4 de dezembro. O Estado é seguido do Paraná, com 41.168 afetados, e da Bahia, que tem 29.810 inscritos que não conseguirão fazer a prova nos dias 5 e 6 de novembro -- como 97,78% dos 8.627.195 participantes totais.

Ao todo, 304 locais de provas estão ocupados por estudantes contrários às medidas do governo federal que afetam a educação, em 126 municípios de 20 unidades da federação. Desses locais, 177 são escolas de educação básica, 127 instituições de ensino superior.

Os alunos que tiverem as provas adiadas serão avisados por SMS a partir da noite desta terça-feira (1º). Além do SMS, a informação também será enviada para o e-mail do participante. Também será possível se informar pelo aplicativo Enem 2016 e pelo 0800 616161.

A lista com os locais que terão o Enem adiado foi divulgada pelo Inep, autarquia federal vinculada ao MEC (Ministério da Educação) que aplica o Enem em todas as unidades da Federação.

Mais cedo, a presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Maria Inês Fini, afirmou que apesar do adiamento da prova para 2,2% dos participantes, os alunos não serão prejudicados. Os resultados de todos os participantes serão divulgados no dia 19 de janeiro e o cronograma para divulgação do gabarito e correção das provas será mantido.

Além disso, o Inep assegurou que a nova aplicação será em tempo hábil para a utilização dos resultados dos participantes que fizerem as provas nos dias 3 e 4 de dezembro no Sisu (Sistema de Seleção Unificada), Fies (Financiamento Estudantil) e Prouni (Programa Universidade para Todos).

Vestibular