Topo

Vestibular


Enem 2018 registra o menor número de ausentes da história do exame, diz Inep

Do UOL, em São Paulo

2018-11-04T20:16:02

04/11/2018 20h16

O primeiro dia de provas do Enem 2018, realizado neste domingo, registrou uma taxa de abstenção de 24,9%. O menor índice, segundo o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), da história do exame, que registra os dados desde 2009.

Dos 5.513.662 inscritos 4.139.319 compareceram aos locais das provas espalhados por topo o país, o que representa uma participação de 75,1%.

- Confira a correção comentada e o gabarito extraoficial do 1º dia de provas do Enem 2018

"O número ainda pode diminuir, porque só é considerado ausente o que faltar nos dois dias", afirmou o ministro da Educação, Rossieli Soares, que atribui o baixo índice de ausentes à mudança das regras da isenção da taxa de inscrição.

Desde o ano passado, o candidato que recebeu o benefício da isenção do pagamento da taxa de inscrição e faltou ao Enem sem justificativa perde o benefício no ano seguinte. Para abonar a falta e garantir a isenção na próxima aplicação, é preciso justificar a ausência no ato da nova inscrição. 

Leia também

Antes do Enem deste ano, o menor número de ausentes aconteceu em 2011, quando 26,4% dos participantes inscritos não fizeram a prova.

O Amazonas foi o estado com maior porcentagem de ausentes com 32,6%. O Piauí foi o estado com a menor porcentagem de ausentes, com 18,5%. No total, o número bate mais de 1,3 milhão de ausentes.

Dos 5,5 milhões de inscritos, 937 mil eram do estado de São Paulo, 17% do total. Desse total de inscritos no estado, 250.272 (26,7%) não fizeram a prova neste domingo (4).

Mais Vestibular