PUBLICIDADE
Topo

Educação

Enem


Começa a 1ª prova do Enem sob governo Bolsonaro; UOL corrige a prova

Carolina Cunha

Colaboração para o UOL

03/11/2019 13h00Atualizada em 03/11/2019 14h13

Após o fechamento dos portões, às 13h, começa a primeira prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2019 sob o governo Bolsonaro. O UOL faz a correção online e o gabarito extraoficial em parceria com o Objetivo. O gabarito oficial será divulgado no dia 13 de novembro.

O Enem deste ano tem 5,1 milhões de inscritos, o menor número desde 2012 —quando 4,3 milhões confirmaram a inscrição. Em 2018, foram 5,5 milhões de inscritos confirmados.

No primeiro dia de prova, os candidatos respondem 45 questões de Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias e mais 45 de Ciências Humanas, além de fazer a redação.

No segundo domingo, é a vez das provas de Ciências da Natureza e de Matemática, cada uma também com 45 perguntas de múltipla escolha.

A saída será permitida somente duas horas depois da aplicação do exame. Ou seja, às 15h30. Quem sair antes será eliminado.

É permitido levar o Caderno de Questões ao deixar a sala de provas após as 18h30. A prova termina às 19h.

Cores das provas

O Enem é aplicado em quatro cores: rosa, amarela, azul e branca. Não há diferença no conteúdo de uma prova para a outra: todos os cadernos trazem as mesmas questões.

A única diferença é a ordem em que os itens são apresentados. Os cadernos são distribuídos pela sala de modo a nenhum aluno ficar perto de outro que tenha a mesma cor de prova, diminuindo as chances de fraudes e "colas".

O gabarito oficial será divulgado no dia 13 de novembro, três dias após o último domingo de prova. O material estará disponível no site do Enem, pelo aplicativo do Enem e no Portal do Inep. Os resultados individuais serão divulgados em janeiro de 2020.

Enem