PUBLICIDADE
Topo

TV Justiça terá teleaula diária na quarentena em parceria com governo do DF

Gravação do programa "Escola em Casa DF" no estúdio da TV Justiça - Divulgação/TV Justiça
Gravação do programa "Escola em Casa DF" no estúdio da TV Justiça Imagem: Divulgação/TV Justiça

Do UOL, em Brasília

02/04/2020 16h05

A rede pública de ensino do Distrito Federal passará a ter pela televisão, a partir de segunda-feira (7), um programa com conteúdo didático e pedagógico para os alunos das diversas etapas escolares, da educação infantil ao ensino médio.

O programa "Escola em Casa DF" será transmitido inicialmente pela TV Justiça, canal de televisão público administrado pelo Supremo Tribunal Federal. Serão três horas diárias de programação, entre as 9h e as 12h, de segunda a sexta-feira. A grade terá de 15 a 30 minutos para cada etapa do ensino.

A TV Justiça é transmitida em sinal aberto digital (nos canais 53.1 e 53.2) no Distrito Federal e na região metropolitana de São Paulo. Em todo o Brasil, ela também é transmitida por sinal aberto para quem tem antena parabólica. O canal também está presente em todos os pacotes de TV por assinatura.

O secretário de Educação do Distrito Federal, João Pedro Ferraz, afirma que o objetivo do programa é que os estudantes mantenham o vínculo com a escola, mesmo no período sem aulas. Ferraz diz que ainda não foi definido se o conteúdo transmitido pela TV contará como dias letivos.

"Queremos manter esse vínculo, ainda que não seja possível, neste momento, afirmar se essas ações contarão ou não como dias letivos", afirmou o secretário.

O governo do Distrito Federal suspendeu as aulas por causa da pandemia do novo coronavírus desde o dia 12 de março. A previsão é que a interrupção nas escolas dure ao menos até 31 de maio, data até quando foi prorrogada a suspensão das aulas por decreto do governador Ibaneis Rocha (MDB), publicado ontem.

Alguns dos programas que serão veiculados na primeira semana de transmissão foram produzidos pelo Canal E, produtora de vídeos educacionais da Secretaria de Educação do DF. Também serão veiculados conteúdos produzidos pela Secretaria de Educação do Amazonas. Outros programas estão sendo gravados por professores voluntários, nos estúdios da TV Justiça e do Sebrae, em Brasília.

Além do programa na TV, a Secretaria de Educação do DF quer complementar as atividades por meio de uma plataforma na internet onde será possível os professores interagirem com os alunos.

A SEEDF também deverá firmar uma parceria com a TV Gênesis, canal evangélico de Brasília transmitido em pacotes fechados de TV por assinatura.

Apesar de a parceria com a TV Justiça ter sido feita pela Secretaria de Educação do Distrito Federal, os conteúdos entrarão na grade de programação da TV e poderão ser assistidos em todo o Brasil.

"Sendo uma emissora pública, a TV Justiça não poderia ficar inerte diante do momento excepcional que afeta toda a sociedade e exige o confinamento de nossas crianças e jovens adolescentes. Motivada pelo presidente Dias Toffoli, a parceria, inédita, garante, por meio de teleaulas, a continuidade do direito à aprendizagem dos 460 mil estudantes da rede pública do DF", diz Marcio Aith, secretário de Comunicação do STF (Supremo Tribunal Federal).

Ele ressalta que o conteúdo pedagógico a ser transmitido pela TV Justiça está alinhado com a Base Nacional Comum Curricular, podendo ser aproveitado por qualquer outra rede estadual de educação", afirma.

Educação