PUBLICIDADE
Topo

Enem

Deputados pedem adiamento do Enem no Amazonas

Enem 2020 está marcado para os dias 17 e 24 de janeiro - ADAILTON DAMASCENO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Enem 2020 está marcado para os dias 17 e 24 de janeiro Imagem: ADAILTON DAMASCENO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

13/01/2021 20h57

Na tarde de hoje, deputados federais se reuniram com o presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Alexandre Lopes, e pediram que os estudantes do Amazonas possam realizar o exame em outra data, em função da situação da pandemia do novo coronavírus.

Segundo Israel Batista (PV-DF), que estava presente na reunião, a proposta apresentada pelos parlamentares era de que ao menos os alunos de Manaus fizessem o exame nos dias 23 e 24 de fevereiro, data em que ele será aplicado para as pessoas privadas de liberdade. O presidente, no entanto, teria respondido que não haveria condições de realizar a aplicação para tantas pessoas nestas datas.

Participaram da reunião com Alexandre Lopes os deputados Felipe Rigoni (PSB-ES), Tábata Amaral (PDT-SP), Luísa Canziani (PTB-PR), Tiago Mitraud (Novo-MG), além de Israel Batista.

As provas do Enem estão programadas para acontecer em todo o país nos dias 17 e 24 de janeiro. Nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro acontecerão as provas do Enem Digital. Está prevista uma reaplicação nos dias 23 e 24 de janeiro para alunos que tiverem sintomas de covid-19 nas datas ou na semana que antecede a prova.

Os deputados pediram ainda que os locais da reaplicação sejam ampliados e solicitaram uma segunda data de reaplicação da prova. O Inep ainda não respondeu às demandas.

"A gente defendeu que o número de provas de reaplicação seja ampliado, porque pode ser que na data da prova e na data de reaplicação alguns municípios decretem lockdown, então isso é muito grave", explicou Israel Batista.

O presidente do Inep disse estar conversando com o governador do estado e o prefeito de Manaus. Segundo ele, os governos locais devem providenciar transporte seguro aos estudantes para os locais de prova. O Inep disse ainda que vai disponibilizar uma linha de telefone para que estudantes que estejam com sintomas da covid-19 no dia da prova ou na semana entre as provas possam ligar e relatar a situação.

Segundo a prefeitura de Manaus, ontem foram realizados 166 sepultamentos na cidade. Destes, 85 óbitos foram declarados por covid-19 e ao menos dois são casos suspeitos da doença.

Enem