São Camilo diz avaliar com cuidado punição de alunos para evitar injustiças

O Centro Universitário São Camilo disse, em nota divulgada hoje, que avalia "cuidadosamente" uma possível punição aos alunos que aparecem em um vídeo com as calças abaixadas mostrando as nádegas.

O que aconteceu

O centro universitário afirma que analisou as imagens e vai desenvolver "ações educativas" com o apoio dos professores e alunos. Ontem, a São Camilo disse que iria investigar se os alunos ficaram nus durante os jogos universitários.

Em relação a possíveis punições, o Centro Universitário São Camilo, com apoio de sua consultoria jurídica, está avaliando cuidadosamente o caso com base em seus regulamentos, a fim de que não haja equívocos e injustiças.
Centro Universitário São Camilo

As imagens dos estudantes da São Camilo foram divulgadas na internet após um vídeo que mostra alunos da Unisa (Universidade de Santo Amaro) exibirem suas partes íntimas durante uma partida de vôlei feminino viralizar nas redes sociais.

"Atitudes como essas ocorridas recentemente não dignificam ninguém e podem comprometer de forma irreversível o futuro profissional de alguns alunos", diz o centro universitário.

Entre as ações que a São Camilo tem feito está a criação de um código de conduta das atléticas. O documento será feito com representantes das organizações e a ideia é que ele seja lido antes das partidas.

A Unisa divulgou na segunda-feira que expulsou seis alunos que aparecem nas imagens. No vídeo, é possível ver ao menos 20 estudantes. A universidade afirma que continua tentando identificar todos os responsáveis.

Posicionamento da São Camilo

O Centro Universitário São Camilo informa que, após analisar o vídeo e apurar algumas informações, desenvolverá trabalho intenso com ações educativas que contarão com o apoio dos docentes e discentes para promover a conscientização a respeito do comportamento adequado não apenas em atividades nas quais representam a instituição, mas também em todas as situações de suas vidas.

Continua após a publicidade

O diálogo e a parceria com a comunidade acadêmica são prioritários neste momento em que todos precisam refletir sobre o que querem e como querem conduzir suas vidas pessoais e profissionais. Atitudes como essas ocorridas recentemente não dignificam ninguém e podem comprometer de forma irreversível o futuro profissional de alguns alunos.

Acreditamos que, como instituição de ensino, a educação é o nosso papel.

Em relação a possíveis punições, o Centro Universitário São Camilo, com apoio de sua consultoria jurídica, está avaliando cuidadosamente o caso com base em seus regulamentos, a fim de que não haja equívocos e injustiças.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes