Topo

Levantamento do UOL faz mapa de contratação temporária de docentes

Do UOL*, em São Paulo

2013-05-08T06:00:00

08/05/2013 06h00

Em sete Estados brasileiros, o número de contratos temporários de professores da rede estadual ultrapassa a quantidade de contratos efetivos (concursados ou estáveis).

Segundo especialistas ouvidos pelo UOL, o alto índice de professores temporários (com menos diretos que os profissionais efetivos) prejudica o trabalho pedagógico desenvolvido nas escolas e o desempenho dos alunos.

Todas as 27 secretarias estaduais de Educação foram questionadas a respeitos dos números. Destas, apenas sete retornaram. Elas justificam que os números do levantamento do UOL têm como base o Censo Escolar de 2012, que estaria defasado. No entanto, esses são os dados nacionais mais recentes e foram divulgados em 2013.

Confira a nota técnica do levantamento, clicando aqui.

*Com Lucas Rodrigues, Simone Harnik e Suellen Smosinski

Mais Educação