PUBLICIDADE
Topo

Enem

Enem 2020: Levo máscara extra? Que horas chegar? Tire dúvidas do 2º dia

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL

Guilherme Botacini

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/01/2021 04h00

Amanhã é o segundo dia do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) impresso e, mesmo na véspera, sobram dúvidas sobre a realização da prova.

Afinal, o que posso levar? Posso usar qualquer roupa? Que horas abrem os portões e quanto tempo tenho para resolver as questões?

Confira abaixo perguntas e respostas básicas e que valem para os dias do exame.

Afinal, com qual material devo fazer a prova?

A marcação das alternativas corretas no cartão de respostas devem ser feitas com caneta esferográfica preta, feita em material transparente.

Lápis, lapiseira, régua, borracha e corretivo não podem ser usados e devem ser guardados no envelope porta-objetos que será disponibilizado pela organização da prova a cada candidato. Por isso, é melhor nem levar.

Como confirmo minha participação?

Você precisará apresentar um documento original válido e com foto ao fiscal que fará o reconhecimento de cada candidato antes da entrada na sala de aula.

No momento da identificação, será necessário abaixar a máscara de proteção. Lembre-se de retirar a máscara sem tocar na parte da frente e higienizar as mãos antes de recolocar a proteção.

Perdi meu RG: posso fazer a prova?

Sim. Mas você precisa levar outro documento válido e com foto (CNH ou Carteira de Trabalho) ou levar um boletim de ocorrência que ateste a perda ou roubo dos documentos, se você não tiver outro. Estrangeiros podem levar a Carteira de Registro Nacional Migratório ou documento provisório desse registro.

Os documentos precisam estar legíveis e o boletim de ocorrência precisa ter sido feito com, no máximo, 90 dias de antecedência. Não são aceitas cópias dos documentos, nem mesmo autenticadas.

Posso levar bolsa?

Os editais do Enem não proíbem bolsas e mochilas, mas elas não podem ser acessadas pelos candidatos durante a prova.

Posso levar celular?

Sim, mas ele deve ficar desligado e dentro do envelope porta-objetos. Não deixe no silencioso nem ligado: caso algum alarme toque durante a prova, você será eliminado.

Outros aparelhos eletrônicos, como tablets, smartwatches e fones de ouvido devem ficar desligados e também guardados no envelope.

Posso usar relógio?

Não. Qualquer tipo de relógio, mesmo os analógicos, deve ficar guardado no envelope porta-objetos.

Alguma peça de roupa é proibida?

Estão vetadas peças de chapelaria, como chapéus, bonés e gorros, além de óculos escuros.

O que elimina na prova?

Usar lápis ou a cor errada de caneta no cartão de respostas elimina o candidato. Rasuras podem impossibilitar a leitura do cartão, o que também pode significar eliminação.

Se o candidato portar algum objeto proibido, recusar-se a passar por revista (caso o fiscal ache necessário, ele pode revistar candidatos), ou o celular tocar durante a prova, ele também será eliminado.

Preciso levar o cartão de confirmação da inscrição?

Não, mas é recomendado. Ele contém informações como horários e seu local de prova, além de orientações gerais sobre o exame.

Que horas os portões são abertos? E quando são fechados?

Os portões abrirão às 11h30, horário de Brasília, nos dias de prova, para evitar aglomerações na entrada. Eles são fechados às 13h. A prova começa às 13h30.

É obrigatório usar máscara? E álcool em gel?

É obrigatório usar máscara dentro e fora das salas de aula. O candidato que desrespeitar essa regra será eliminado do exame. Leve máscaras reservas caso precise trocar.

O álcool em gel será disponibilizado nas salas de aplicação, mas é recomendado que cada aluno leve o seu.

Fui barrado no 1º dia, faço a 2ª prova?

Candidatos que foram barrados no primeiro dia de provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2020 podem escolher entre ir ao segundo dia de provas neste domingo (24) e pedir apenas a reaplicação da primeira data ou então solicitar a reaplicação das duas provas.

Segundo o Inep, a orientação é para que, ao solicitar a participação na reaplicação de uma ou das duas provas do Enem, o candidato que tiver sido prejudicado por superlotação das salas relate o ocorrido. Não é preciso apresentar nenhum tipo de documento comprobatório. Os pedidos de reaplicação poderão ser feitos entre 25 e 29 de janeiro, na Página do Participante.

E se eu tiver sintomas de covid?

A recomendação é que você não faça a prova. Isso vale também para outras doenças infectocontagiosas, como coqueluche, difteria e influenza A e B, entre outras.

Se for o caso, você deve comunicar o Inep pela Página do Participante um dia antes do exame, para que o caso seja analisado e você possa fazer a reaplicação do Enem, reservado a quem teve problemas como esses, que ocorre nos dias 23 e 24 de fevereiro.

Se os sintomas forem percebidos na véspera ou no dia da prova, entre em contato direto com o Inep pela central de atendimento no número 0800 616161.

Enem