PUBLICIDADE
Topo

Prefeitura do Rio adia início da segunda fase da volta às aulas presenciais

Volta às aulas presenciais no Rio é optativa - Estefan Radovicz/Agência O Dia/Estadão Conteúdo
Volta às aulas presenciais no Rio é optativa Imagem: Estefan Radovicz/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Colaboração para o UOL, no Rio

16/03/2021 07h53

A Prefeitura do Rio decidiu adiar em duas semanas o início da segunda fase da volta às aulas presenciais da rede municipal de educação. A nova fase, com o retorno às escolas dos alunos dos 3º ao 6° anos e 9º ano do Ensino Fundamental, estava prevista para começar amanhã. Com isso, apenas os estudantes da pré-escola e 1° e 2° anos, e com idades, em média, entre 4 e 8 anos, voltaram ao ensino presencial até o momento.

Apesar de adiar o retorno de mais alunos às salas de aula, a prefeitura fará amanhã a reabertura de 149 escolas, para atender aos estudantes que já voltaram às unidades de educação.

A Secretaria Municipal de Educação do Rio decidiu adiar em duas semanas o início da segunda fase do ensino presencial (3º ao 5° ano, 6° ano Carioca e 9º ano). Com isso, apenas os estudantes da pré-escola, 1° e 2° ano, com idades, em média, entre 4 e 8 anos, terão aulas presenciais este mês. Nesta quarta-feira, mais escolas serão abertas para alunos destes anos escolares.
Renan Ferreirinha, secretário municipal de Educação do Rio

O retorno às salas de aula no Rio é facultativo. Os estudantes cariocas que estão em casa podem estudar pelo aplicativo Rioeduca. A prefeitura avisa que quem não tem Internet, recebe material didático extra impresso e, frequentemente, tem que ir às escolas deixar as atividades didáticas.

O ano letivo no Rio de Janeiro começou no dia 8 de fevereiro, apenas com aulas remotas. No dia 24 de fevereiro, os primeiros estudantes voltaram às escolas.

A retomada do ensino presencial na cidade estava prevista para ser concluída no dia 24 de março, com os alunos da pré-escola ao 9º ano do ensino fundamental nas salas de aula, com turnos de até três horas por dia.