PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
3 meses

Ministro escolhe economista como nova diretora do Inep

Michele Melo, economista foi escolhida para novo cargo no Inep - Ministério da Educação
Michele Melo, economista foi escolhida para novo cargo no Inep Imagem: Ministério da Educação

Do UOL, em São Paulo

25/01/2022 17h09

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, anunciou na tarde de hoje que a economista Michele Cristina Silva Melo será a nova diretora de Educação Básica do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). O cargo ficou vago nesta manhã com a exoneração de Anderson Soares Furtado Oliveira.

A área assumida por Michele Melo é responsável pelo Enem (Exame Nacional de Ensino Médio) e outras avaliações.

Michele era gestora da Dired (Diretoria de Estudos Educacionais) do Inep, "onde executou excelente trabalho desde que assumiu a área, em 26 de abril de 2021", como elogiou Ribeiro ao anunciá-la para a nova vaga.

"A diretora também responde como presidente substituta do Inep, prestando total apoio técnico ao presidente Danilo Dupas em sua importante missão à frente do Instituto. Estimo sucesso à diretora em sua nova área de atuação", falou o ministro.

Em maio de 2021, Anderson Oliveira assumiu a diretoria de Educação Básica do Inep. Segundo Ribeiro, Oliveira foi exonerado para "assumir um novo desafio, na Secretaria de Educação do Estado do Paraná".

Oliveira apoiou o pedido de exoneração em massa de 35 servidores do órgão. A entrega dos cargos aconteceu em novembro de forma coletiva e, segundo apurou o UOL na época, como uma medida para pressionar a saída de Danilo Dupas, presidente da autarquia.

A exoneração foi publicada na edição de hoje do DOU (Diário Oficial da União) e é assinada pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira. No ofício em que pediu exoneração a Dupas, Oliveira citou "prioridades exclusivamente de ordem pessoal" para deixar o cargo.