Oportunidades de participar

Lucila Cano

Lucila Cano

O concurso Respostas para o Amanhã, já em sua terceira edição, abriu consulta pública para a escolha do vencedor pelo júri popular. O sistema de votação tem validade até 30 de novembro e, para participar, é preciso acessar o site: www.respostasparaoamanha.com.br.

Cinco projetos concorrem à premiação nacional, que deve ser divulgada em 1º de dezembro. Eles foram selecionados entre 25 vencedores regionais escolhidos em etapas anteriores do processo iniciado em maio deste ano, quando houve a inscrição de mais de 2.100 projetos.

Esta terceira edição do Respostas para o Amanhã é promovida pela Samsung em parceria com o Cenpec (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária). Durante o ano, as fases eliminatórias movimentaram a atenção de cerca de 37 mil alunos e 2.600 professores do Ensino Médio de escolas públicas do país.

Os projetos finalistas são muito interessantes. Qualquer que seja o grande vencedor, a maior vitória para os cinco finalistas será a viabilização de suas ideias e os benefícios que trarão. São eles:

- A presença da baronesa no Rio Moxotó: problemáticas e possibilidades. Projeto da Escola de Referência em Ensino Médio de Itaparica – Jatobá (PE). Para quem, como eu, estranhou o título do projeto, baronesa é um nome dado a uma planta aquática, o aguapé, em algumas regiões do Brasil.

- Construção de um biodigestor urbano para produção de biogás e de lodo fertilizante (biofertilizante) para uso na cozinha e na horta orgânica. Projeto da Escola Estadual Barão de Boca do Acre – Boca do Acre (AM).

- Implantação do cultivo de palmito juçara e pupunha pela cooperativa dos alunos, para reflorestamento de mata atlântica e geração de renda para a aldeia indígena Itapuã-Tupi Guarany no Vale do Ribeira. Projeto da ETEC Eng. Agrônomo Narciso de Medeiros – Iguape (SP).

- Manejo e conservação participativa de quelônios na terra indígena Andirá-Marau. Projeto do Ifam (Instituto Federal do Amazonas) – Campus Maués (AM).

- Sistema de filtragem e beneficiamento de águas cinza para produção sustentável de alimentos. Projeto da EEEP Guilherme Teles Gouveia – Granja (CE).

Ajuda para o Haiti

A Plan International Brasil informa que abriu uma campanha de financiamento colaborativo (crowdfunding) no portal Kickante. O objetivo é destinar kits de higiene e primeiros socorros, abrigo, alimentação e água para mais de 20 mil famílias que recebem apoio da organização no Haiti. Elas totalizam cerca de 100 mil pessoas, das quais quase a metade é de crianças.

Após a recente passagem do furacão Matthew pelo Haiti, a população que ainda não havia se recuperado de todos os males provocados pelo terremoto de 2010 foi novamente penalizada. Pessoas que viviam em tendas improvisadas desde então agora também perderam esses abrigos. Além das áreas devastadas, grande parte dos moradores está em regiões de difícil acesso para a doação dos itens de sobrevivência.

No momento, uma grande preocupação das equipes de socorro é o agravamento da epidemia de cólera, em decorrência da escassez de água potável, limpa e segura para uso humano. O sinal de alerta veio dos mais de 1.400 casos suspeitos que surgiram entre crianças e adultos.

Nas regiões afetadas pelo furacão Matthew, a Plan já distribuiu mais de 1.900 kits de higiene com escovas de dente, toalhas e cobertores, além dos kits de primeiros socorros com água e alimentos. Segundo a organização, em um dia é possível distribuir 100 kits de comida com arroz, feijão, peixe, leite, espaguete, açúcar e óleo.

A Plan International Brasil integra uma rede de origem inglesa criada em 1937 e que está presente em 71 países. No país, a Plan está presente desde 1997 e atualmente possui mais de 20 projetos que beneficiam cerca de 70 mil crianças e adolescentes.

Quem quiser participar da ação humanitária pode doar qualquer quantia através deste link.

* Homenagem a Engel Paschoal (7/11/1945 a 31/3/2010), jornalista e escritor, criador desta coluna.

Lucila Cano

Colunista especialista em temas relacionados ao 3º setor; assumiu a coluna em 9/4/2010.

UOL Cursos Online

Todos os cursos