Topo

Educação

Vestibular


Primeiro dia de provas do Enem termina; UOL fará correção comentada

Do UOL, em São Paulo

08/11/2014 17h30

Os participantes do Enem 2014 (Exame Nacional do Ensino Médio) fizeram hoje (8) as provas de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias. O primeiro dia de provas teve 4h30 de duração.

Os portões foram abertos às 12h e fechados às 13h (horário de Brasília).

Para não correr o risco de chegar atrasada, a candidata Cleópatra Soares Matos (18) chegou em seu local de prova em Belo Horizonte às 9h. "Tem muita gente que vai fazer essa prova. Eu pensei, prefiro chegar cedo a ficar de fora", resumiu a candidata, que disse querer usar a nota do Enem para tentar uma vaga no curso de odontologia.

O candidato Dorival Pereira dos Santos chamou a atenção entre os participantes que fizeram o Enem na Uninove Barra Funda, em São Paulo. Com 71 anos, o participante disse que fazer o exame é uma prova de superação. "Para mim, a busca de novos conhecimentos não tem prazo de validade. E quero ser um referencial para os jovens que aos 20, 30, 40 se acham velhos", afirmou. 

Correção comentada

A partir das 18h, o UOL e o Curso e Colégio Objetivo farão a correção online do primeiro dia do Enem. Os candidatos poderão acompanhar, em tempo real, o gabarito extraoficial das questões, a resolução comentada de cada pergunta e o padrão esperado para a redação da prova.

UOL trará também a opinião de professores sobre as questões, a elaboração e o nível de dificuldade da prova.

Atrasados

Neste sábado, diversos candidatos não conseguiram entrar em seus locais de prova. Em Maceió, pelo menos duas pessoas foram barradas nas portas das escolas do Cepa (Centro de Estudos e Ciências Aplicadas). Patricia Gonzaga (20) foi uma delas e afirmou que o trânsito atrapalhou a chegada dela ao local de prova.

O excesso de veículos nas ruas também foi o motivo do atraso de Luandra Pereira de Jesus (21) em São Paulo. Aos gritos de 'abre o portão', a vítima de atropelamento perdeu o Enem por causa do trânsito. Ela chegou um pouco depois dos portões na Uninove Barra Funda serem fechados. 

No Distrito Federal (DF), a falta de ônibus foi a responsável pelo atraso, segundo alguns candidatos. "Não passou nenhum ônibus", diz a estudante Aline Emanuele que mora em Samambaia e chegou ao local de prova após o fechamento dos portões.

Recomendações

No segundo dia do Enem, o candidato terá 5h30 para fazer as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologia. Os portões também serão fechados às 13h (horário de Brasília).

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) recomenda que os candidatos cheguem com uma hora de antecedência. Desse modo, o candidato poderá procurar a sala e se acomodar com tranquilidade.

Os participantes também não podem esquecer a caneta preta -- de tubo transparente, como pedem os aplicadores da prova. Lápis, lapiseira e borracha estão proibidos.

Lembre-se também de deixar separados os documentos exigidos: identidade original com foto e o cartão de confirmação. Serão aceitos os seguintes documentos: cédula de identidade ou RG, emitida por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar ou Polícia Federal; identidade expedida pelo Ministério das Relações Exteriores para estrangeiros; identificação fornecida por Ordens ou Conselhos de Classe, que por lei tenham validade como documento de identificação; carteira de trabalho e previdência social; certificado de reservista; passaporte; carteira nacional de habilitação com foto.

Não se esqueça, o uso de telefones celulares e aparelhos eletrônicos dentro dos locais de prova é proibido. Os aparelhos devem ser guardados em sacos plásticos e colocados embaixo da cadeira. Logo, não é possível postar imagens das provas nas redes sociais.

Neste sábado, supostos cartões de resposta da prova deste ano começaram a circular pela internet. No ano passado, ao menos 36 candidatos foram desclassificados por publicarem fotos de dentro das provas nas redes sociais.

Mais Vestibular