PUBLICIDADE
Topo

Enem

Enem 2021: começam inscrições para prova; confira o passo a passo

Adriana Toffetti/A7 Press/Estadão Conteúdo
Imagem: Adriana Toffetti/A7 Press/Estadão Conteúdo

Giorgia Cavicchioli

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/06/2021 04h00Atualizada em 05/07/2021 16h42

As inscrições para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) começaram no dia 30 de junho e vão até o dia 14 de julho.

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), responsável pela aplicação da prova, marcou o Enem 2021 para os dias 21 e 28 de novembro, dois domingos consecutivos, após incertezas sobre a realização.

As versões impressa e digital acontecem nos mesmos dias. A taxa de inscrição custa R$ 85 e tem de ser paga até 19 de julho.

Todo o processo para se inscrever é feito de forma online pelo site https://enem.inep.gov.br/participante/ e conta com a ajuda de uma assistente virtual.

A seguir, tire suas dúvidas sobre a prova e veja como fazer sua inscrição.

Como fazer a inscrição?

Mesmo quem recebeu a isenção da taxa precisa se inscrever. Além disso, para conseguir acessar a Página do Participante, é necessário ter um cadastro no gov.br.

Para fazer o cadastro, é preciso informar o seu CPF. Se você não tiver nenhum cadastro, o site vai te direcionar para a criação de uma conta. Caso já tenha feito o cadastro, coloque sua senha.

Feito isso, será necessário fazer a inscrição pelo site do Inep. Primeiro, você passe por uma etapa de segurança clicando em uma imagem que represente uma palavra solicitada pela assistente virtual. Depois, serão pedidos alguns dados pessoais, como seu CPF e data de nascimento.

Em seguida, é necessário preencher sexo, cor/raça, estado civil, nacionalidade, cidade e estado onde nasceu e o número do seu RG. Por fim, será pedido o CEP do lugar onde você mora.

Após confirmar seu endereço, você precisará preencher o complemento e o número da sua casa ou apartamento.

E se precisar de atendimento especializado?

Em seguida, você será perguntado sobre se precisa de algum atendimento especializado durante a prova. Caso não precise, é necessário apenas clicar na opção "não preciso". Porém, se você precisar, você terá que assinalar qual a sua condição e a assistente virtual vai mostrar os recursos disponíveis.

Depois da solicitação, você vai precisar anexar algum documento que comprove a sua condição. Pode ser um atestado médico ou uma declaração assinada, por exemplo.

Questionário e senha

No quarto passo, você vai poder escolher entre inglês e espanhol para fazer parte da prova de linguagens, códigos e suas tecnologias. Depois, você vai precisar escolher qual o seu nível de escolaridade no momento da inscrição.

Em seguida, aparecerá o questionário socioeconômico, que tem 25 perguntas sobre sua vida e de sua família. Após responder todas as perguntas, você também vai precisar colocar os seus números de telefone e um email.

Será solicitado que você também crie uma senha de acesso para a Página do Participante. Ao concluir o passo, não se esqueça de sua senha, porque ela será necessária em outros momentos.

Depois, você vai precisar escolher entre a modalidade que vai preferir fazer entre as versões digital e impressa.

Por fim, você vai precisar baixar o seu boleto de pagamento no valor de R$ 85. Será gerado um documento que deverá ser pago até o dia 19 de julho, ou seja, três dias úteis após o fim das inscrições.

Diferença entre versões digitais e impressas

Existem algumas diferenças entre o Enem digital e o impresso. A edição digital de 2021 oferece 101.100 vagas e é apenas para estudantes matriculados no terceiro ano do ensino médio ou para quem já terminou.

A impressa não tem limite de vagas e também pode ser feita por alunos que são treineiros. No entanto, o estudante pode pedir atendimento especializado nas duas versões.

No Enem 2020, a aplicação ocorreu em finais de semana diferentes.

Desta vez, como acontecerão na mesma data, as provas dos dois formatos terão as mesmas questões e proposta de redação.

Os editais da prova impressa e da digital podem ser consultados no Diário Oficial de União.

Veja as datas mais importantes da prova

  • Inscrições: de 30 de junho a 14 de julho
  • Pagamento da taxa para pessoas não isentas: de 30 de junho a 19 de julho
  • Pedido de atendimento especial: de 30 de junho a 14 de julho
  • Resultado do pedido de atendimento especial: 23 de julho
  • Recurso do pedido de atendimento especial: de 26 a 30 de julho
  • Resultado do recurso do atendimento especial: 4 de agosto
  • Pedido de uso de nome social: de 19 a 23 de julho
  • Resultado sobre nome social: 30 de julho
  • Recurso sobre nome social: de 2 a 6 de agosto
  • Resultado do recurso sobre nome social: 11 de agosto
  • Prova: em 21 e 28 de novembro

Como vai ser a prova?

O Enem vai ser realizado em dois dias. No dia 21 de novembro, serão feitas 45 questões de linguagens, 45 questões de ciências humanas e a redação.

Em 28 de novembro, serão respondidas 45 questões de matemática e 45 de ciências da natureza.

Os horários para os dias de prova (horário de Brasília) serão os seguintes:

  • 12h - abrem-se portões
  • 13h - fecham-se portões
  • 13h30 - começa a prova
  • 19h - fim das provas do dia 21 (dia da redação)
  • 18h30 - fim das provas do dia 28.

Enem