PUBLICIDADE
Topo

Enem

Enem 2021: Como usar citações na redação e conseguir mais pontos na nota

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL

Priscila Gorzoni

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/10/2021 04h00

Resumo da notícia

  • Citações podem contribuir nas redações do Enem por demonstrar repertório
  • Excessos e frases aleatórias, contudo, derrubam nota
  • Também destoam se forem usadas em excesso
  • Veja dicas dos professores para se dar bem

O uso de citações nas redações do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) costuma ser avaliado como um repertório externo. Isso pode contribuir para um bom desempenho do aluno, ao demonstrar conhecimentos construídos ao longo de sua formação.

Vale ressaltar, contudo, que o uso de citações deslocadas, aleatórias ou sem conexão direta com o recorte temático proposto pode ser usado no sentido contrário e acabar prejudicando a nota final.

Por isso, embora seja um recurso válido, a citação precisa ser usada apenas quando o estudante estiver seguro de que há uma relação direta entre a sua escolha e a abordagem esperada pela banca.

A redação acontece no primeiro domingo do exame, dia 21 de novembro, com 45 questões de linguagens e 45 de ciências humanas.

Confira as dicas

Para auxiliar os candidatos do Enem, o UOL ouviu Maria Catarina Rabelo Bozio, coordenadora de redação do Poliedro Colégio de São José dos Campos (SP), Daniela Toffoli, professora de redação do Curso Anglo, e Thiago Braga, professor e autor do Sistema de Ensino pH.

Primeiramente, é preciso entender qual é a importância do uso desse recurso no texto.

Ela pode embasar a argumentação ou demonstrar o repertório do candidato.

Na citação, o aluno pode colocar conceitos de geografia, história, sociologia e física ou trazer um conhecimento para enriquecer a abordagem argumentativa.

Thiago Braga diz que os alunos podem usar um fato também como repertório.

Mas precisa ter um cuidado com o excesso. Não é necessário fazer uma referência a cada parágrafo. É interessante ter uma referência na introdução, que possa ser retomada na conclusão, e é interessante ter uma referência de pelo menos um dos parágrafos de argumentação."
Thiago Braga, professor e autor do Sistema de Ensino pH

A função da citação é ilustrar um argumento e dar um exemplo interessante para o que está apresentando. Se ela for apresentada de maneira desconectada à discussão central, o aluno perderá pontos. Outro erro a ser evitado é o uso excessivo de citações.

Para que isso não ocorra, Bozio aconselha a escolher a citação a partir da relevância para o tema em questão. "O uso de 'citações coringas' pode impedir a obtenção de uma nota elevada por nem sempre ser percebida a sua produtividade e, consequentemente, sem ser validada para a avaliação", afirma ela.

Para montar um bom acervo de citações, Braga indica estudar atualidades e conceitos de outras áreas do conhecimento. "A citação vale ponto, é avaliada na competência 2 como um bônus. Se ele cumpre tudo o que a competência 2 pede, o aluno ganha 160, mas ganha 200 se conseguir articular uma referência que seja orgânica dentro daquele texto", diz Thiago.

Você pode usar nas citações desde letras de música, filmes e filósofos até as disciplinas tradicionais.

O professor Felipe Leal, do Curso Anglo, dá dicas com exemplos de filmes. O brasileiro "Que Horas Ela Volta?", diz, "pode ser explorado em propostas que abordem desigualdade, meritocracia e a questão do trabalho doméstico". "Já 'Matrix' é interessante para falar sobre internet, vida digital e, principalmente, manipulação."

Claudio Falcão, diretor do Sistema de Ensino pH, afirma que "o estudante precisa fazer um uso produtivo desse repertório sociocultural, relacionando com o texto que ele está desenvolvendo e com a proposta da redação."

Ele exemplifica com o livro "Quarto de Despejo", de Carolina Maria de Jesus: "Caso a temática da redação esteja ligada com a questão de segregação socioespacial ou sobre o papel da mulher na sociedade, o livro é uma boa indicação".

"A obra fala sobre, uma mulher solteira, com filhos, numa situação de absoluta exclusão. O estudante pode relacionar com a questão do percentual de crianças sem pais, ou seja, a mulher como provedora da casa. Isso já era comum no passado e continua fazendo parte da realidade."

parasita - Reprodução - Reprodução
Filme "Parasita", do coreano Bong Joon-ho (2019), pode ser uma boa citação se a temática da redação for relacionada
Imagem: Reprodução

Outra boa indicação para ele seria o filme "Parasita", que venceu o Oscar. "A partir dele, a gente consegue falar sobre a questão das classes sociais, principalmente sobre a extrema pobreza nos grandes centros", diz.

"Os estudantes podem falar da tensão social que é evidente ao longo do filme, podem também relacionar com a questão da invisibilidade da pobreza e do trabalhador braçal. Explorar a forma como a elite enxerga e, às vezes, não percebe esse indivíduo. Nesse contexto, o trabalhador não é visto como indivíduo, mas simplesmente como mão de obra."

Como usar bem

  • A citação deve ser legítima, pertinente e proveitoso;
  • Deve ser algum tipo de referência que contribua ao argumento do estudante;
  • O candidato não deve se alongar na citação;
  • As citações devem demonstrar conhecimentos de atualidades.

Os tipos de citações

Direta: quando se insere, entre aspas, a fala do autor, de maneira fiel (sem mudanças).

Indireta: quando é realizada por meio de uma paráfrase, sem a necessidade das aspas.

Enem