PUBLICIDADE
Topo

Enem

Candidato se inscreve em cidade errada e viaja 6h para não perder Enem

O estudante Lucas Ortiz Alves, 20, que mora em São Paulo e viajou 400 quilômetros de ônibus para não perder a prova do Enem - Arquivo pessoal
O estudante Lucas Ortiz Alves, 20, que mora em São Paulo e viajou 400 quilômetros de ônibus para não perder a prova do Enem Imagem: Arquivo pessoal

Colaboração para o UOL

21/11/2021 14h53Atualizada em 21/11/2021 15h29

O estudante Lucas Ortiz Alves, 20, que mora em São Paulo, viajou 400 quilômetros de ônibus, cerca de seis horas e 40 minutos, entre a capital paulista e o município de Franca (SP), para não perder a prova do Enem aplicada hoje.

Ele disse para o site G1 que errou a cidade durante a inscrição do exame e não teve tempo de pedir a correção do local ao Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

Esta é a segunda vez em que o jovem se submete às provas do Enem tentando ingressar no curso de direito. Alves contou ainda que se preparou para o Enem cursando um semestre em um cursinho e outro restante estudou sozinho, em casa.

A saga para chegar ao local de prova, segundo o estudante, começou à meia-noite de ontem, quando ele pegou um ônibus na rodoviária com destino ao município de Franca. Em entrevista ao G1, o estudante contou que decidiu viajar para não perder a prova e adiar por mais um ano o sonho de cursar uma faculdade de Direito.

Alves contou que se inscreveu no último dia do prazo e depois viu que a cidade estava errada, não tendo mais tempo de pedir a mudança do local de aplicação de prova ao Inep.

O jovem disse que chegou em Franca por volta das 6h40. Mas os empecilhos não pararam. Ao chegar à rodoviária, ele relatou que não conseguiu pegar outra condução até o local da prova e decidiu ligar o GPS do telefone e ir a pé. A caminhada rendeu uma hora e 20 minutos, mas, como chegou cedo, ele disse que conseguiu descansar numa calçada.

O rapaz contou que planejou uma quantidade de alimento para a viagem, mas que já tinha comido tudo e precisaria comprar mais comida e água em um comércio próximo ao local da prova.

Alves disse que voltará ainda hoje para São Paulo, pois não tem dinheiro suficiente para se hospedar na cidade. Ele fará a mesma viagem para participar da segunda etapa do Enem, que ocorrerá no próximo domingo (28).

Enem