PUBLICIDADE
Topo

Federação que representa professores em greve de 7 universidades aceita proposta do governo

Rafael Targino

Do UOL, em São Paulo

25/07/2012 17h57Atualizada em 25/07/2012 18h54

O Proifes (Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior) decidiu nesta quarta-feira (25) recomendar que suas sete universidades filiadas aceitem a proposta apresentada pelo governo ontem (24). O maior sindicato, o Andes-SN (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior), que representa docentes de outras instituições, ainda analisa o plano. Estão paradas 58 federais.

A diretriz do Conselho Deliberativo do Proifes recomenda, também, que a greve seja encerrada. Caso isso aconteça, podem voltar a trabalhar professores de UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), UFSCar (Universidade Federal de São Carlos), UFBA (Universidade Federal da Bahia), UFRB (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia), UFG (Universidade Federal de Goiás), UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e UFC (Universidade Federal do Ceará), além de institutos federais no Paraná e no Rio Grande do Sul.

A nova proposta inclui reajustes que variam de 25% a 40% e a antecipação da vigência do plano de reestruturação de carreiras. A alteração fez o impacto do aumento no Orçamento subir de R$ 3,9 bilhões para R$ 4,2 bilhões até 2015.

Ontem, o presidente do Proifes, Eduardo Rolim, já havia dito que a proposta do governo atendia aos 15 itens solicitados pela entidade. “O governo atendeu integralmente à nossa pauta. É um avanço. Agora, vamos fazer análise e consultar os professores do país inteiro”.

Andes e Sinasefe

Tanto os representantes do Andes quanto os do Sinasefe (Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica) saíram insatisfeitos da reunião com o Ministério do Planejamento. "É a mesma essência da proposta anterior, ou seja, não reestrutura a carreira", disse à Agência Brasil a presidente do Andes, Marinalva Oliveira.

Saiba quais instituições aderiram à greve


Norte
Ufac (Universidade Federal do Acre)
UFRR (Universidade Federal de Roraima)
Unir (Universidade Federal de Rondônia)
UFPA (Universidade Federal do Pará), campi Central e Marabá
Ufra (Universidade Federal Rural da Amazônia)
Ufopa (Universidade Federal do Oeste do Pará)
Ufam (Universidade Federal do Amazonas)
Unifap (Universidade Federal do Amapá)
UFT (Universidade Federal do Tocantins)
Nordeste
UFBA (Universidade Federal da Bahia)
UFC (Universidade Federal do Ceará)
Unilab (Universidade Federal da Integração Luso-Afro-Brasileira)
UFPE (Universidade Federal de Pernambuco)
Univasf (Universidade Federal do Vale do São Francisco)
UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco)
UFPI (Universidade Federal do Piauí)
Ufersa (Universidade Federal Rural do Semi-Árido)
UFPB (Universidade Federal da Paraíba)
UFCG (Universidade Federal de Campina Grande), campi central, Patos e Cajazeiras
UFMA (Universidade Federal do Maranhão)
Ufal (Universidade Federal de Alagoas)
UFS (Universidade Federal de Sergipe)
UFRB (Universidade Federal do Recôncavo Baiano)
Centro-Oeste
UFMS (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul)
UnB (Universidade de Brasília)
UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados)
UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso)
UFG (Universidade Federal de Goiás), campi Catalão, Jataí, Goiânia e Cidade de Goiás
Sudeste
UFSCar (Universidade Federal de São Carlos)
UFABC (Universidade Federal do ABC)
Unifesp (Universidade Federal de São Paulo)
UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais)
Unifei (Universidade Federal de Itajubá) - campus de Itabira
UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora)
Unifal (Universidade Federal de Alfenas)
UFTM (Universidade Federal do Triângulo Mineiro)
UFU (Universidade Federal de Uberlândia)
UFV (Universidade Federal de Viçosa)
Ufla (Universidade Federal de Lavras)
Ufop (Universidade Federal de Ouro Preto)
UFSJ (Universidade Federal de São João del Rei)
UFVJM (Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri)
Cefet-MG (Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais)
UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro)
Unirio (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro)
UFF (Universidade Federal Fluminense)
UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Cefet-RJ (Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio de Janeiro)
Ufes (Universidade Federal do Espírito Santo)
Sul
UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina
UFPel (Universidade Federal de Pelotas)
UFFS (Universidade Federal da Fronteira Sul)
Unipampa (Universidade Federal do Pampa)
Unila (Universidade Federal da Integração Latino-Americana)
UFPR (Universidade Federal do Paraná)
UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná)
Furg (Universidade Federal do Rio Grande)
UFSM (Universidade Federal de Santa Maria)
UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul)
UFSCPA (Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre)
  • Fonte: Andes-SN, Proifes e sindicatos