Topo

Educação

Enem


Enem 2019: 1 milhão não paga taxa e inscrições alcançam menor nº desde 2012

Getty Images
Imagem: Getty Images

Ana Carla Bermúdez

Do UOL, em São Paulo

28/05/2019 22h06

Mais de 1 milhão de candidatos deixaram de pagar a taxa do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2019, o que levou a prova a registrar o menor número de inscrições confirmadas desde 2012. A taxa de inscrição para o Enem deste ano era de R$ 85. As provas serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro.

Na semana passada, logo após o término do período de inscrições, o Enem registrou um total de 6,3 milhões de candidatos --número que considerava tanto as inscrições pendentes de pagamento quanto aquelas que foram beneficiadas com a isenção da taxa.

Os candidatos tinham até o dia 23 de maio para quitar o boleto da taxa de inscrição. Passado esse prazo, foram confirmados 5,1 milhão de inscritos. O número só foi menor em 2012, quando 4,3 milhão de inscrições foram confirmadas para o exame.

De acordo com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão responsável pela prova, a maioria dos participantes do Enem 2019 foram beneficiados com a isenção da taxa de inscrição: cerca de 2,9 milhão de candidatos (58,5%). A porcentagem de isentos foi ainda maior no ano passado, quando 63,9% dos inscritos receberam o benefício.

Perfil dos participantes

A maioria dos candidatos confirmados é do sexo feminino: as mulheres são 59,5% dos participantes, enquanto os homens são 40,5% dos inscritos.

A maior parte dos inscritos confirmados se autodeclarou negra: 46,4% se identificaram como sendo pardos e outros 12,7% se identificaram como pretos. Já 36% dos participantes disseram ser brancos.

A faixa etária com maior parcela dos candidatos confirmados é a de 21 a 30 anos, com 26,7% dos inscritos.

As regiões Sudeste e Nordeste foram as que mais registraram inscrições. O percentual de inscritos residentes na primeira foi de 35,2% e, na segunda, de 34,2%. Norte e Sul registraram 11,7% e 10,6%, respectivamente, enquanto o Centro-Oeste teve o menor percentual: 8,3%.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Enem