Topo

Educação

Enem


Termina o 2º dia de provas do Enem; UOL faz correção

Do UOL, em São Paulo*

10/11/2019 18h30

Terminou às 18h30 deste domingo o segundo e último dia de provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2019. Hoje, os candidatos tiveram cinco horas para responder a 90 questões de matemática e ciências da natureza.

O UOL faz a correção online e o gabarito extraoficial em parceria com o Objetivo. O gabarito oficial será divulgado no dia 13 de novembro e os resultados individuais serão divulgados apenas em janeiro de 2020.

Participantes que fizeram o Enem por videoprovas em Libras (Língua Brasileira de Sinais) têm duas horas adicionais -isto é, até 20h30—para terminar o exame.

Candidatos ouvidos pelo UOL classificaram a prova de hoje como puxada, mas não muito complexa.

O segundo dia de provas do Enem trouxe questões que abordaram aplicativos de namoro, como o Tinder, a forma como pessoas daltônicas enxergam e tribos nômades do sudeste asiático. Até mesmo a frase "e quem irá dizer que não existe razão?", trecho da música Eduardo e Mônica, da banda brasiliense Legião Urbana, dos anos 1980, foi usada para identificar o gabarito de uma das provas.

Frase da música Eduardo e Mônica apareceu na capa da prova azul do segundo dia do Enem - Marina Lang/UOL
Frase da música Eduardo e Mônica apareceu na capa da prova azul do segundo dia do Enem
Imagem: Marina Lang/UOL

"Eu achei que hoje a prova estava mais fácil. Estudei o suficiente para fazê-la bem rápido, espero que tenha ido bem. Deu para fazer normalmente. Não tive dificuldades, achei a prova fácil", disse Weslley de Paiva Souza, 19, que quer tentar uma vaga em ciências da computação.

Para Regiane Ibiapino Soares, 29, a prova foi "boa". "Não foi complexa, foi tranquila. Não foi fácil, mas também não tive grande dificuldade. Estudei e me preparei", disse ela, que quer prestar vestibular para logística.

Os candidatos disseram ainda que, entre todas as questões, as de química e física foram as mais difíceis. "Química e física estava mesmo mais complicado do que matemática", avaliou Maria Luísa Ferreira, de 17 anos.

"Não é que estava tão difícil. Mas exigiu muito de interpretação", disse Larissa Henrique, de 18 anos. Pela segunda vez prestando o Enem, ela destacou dificuldades com questões sobre ebulição de substâncias químicas.

Para os chamados "treineiros", que escolheram fazer o Enem apenas para se ambientar com a prova, já que não vão concluir o ensino médio até o fim deste ano, os resultados devem sair apenas em março de 2020.

*Com reportagem de Marina Lang e Vitor Pamplona, em colaboração para o UOL

Jovem chega após o fechamento dos portões no 2º dia do Enem 2019

UOL Notícias

Enem