Topo

Educação

Enem


Por que não consigo calcular a nota do Enem mesmo com o gabarito divulgado?

correcao online - UOL
correcao online Imagem: UOL

Carolina Cunha

Colaboração para o UOL

13/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • O número de acertos do candidato não representa a pontuação final
  • O método de correção mede a dificuldade das questões e o desempenho dos estudantes
  • As notas individuais serão divulgadas em janeiro

O gabarito oficial do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2019 é divulgado hoje pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). Os participantes podem acessar as respostas oficiais pelo portal do Inep e pelo aplicativo do Enem.

Mesmo com o gabarito divulgado, a nota leva um tempo para sair. Os resultados individuais serão liberados somente em janeiro de 2020, em data ainda a ser confirmada pelo instituto.

A demora tem explicação. As provas são corrigidas em duas etapas. As questões objetivas são analisadas por computador, enquanto as redações requerem uma análise individual por dois avaliadores diferentes.

Como são analisadas as questões objetivas?

Os dados dos cartões de respostas dos candidatos são analisados por um sistema automatizado, que extrai os dados com as respostas das questões objetivas de cada participante. Em seguida, os dados são encaminhados ao Inep.

Ao instituto, cabe processar os resultados do Enem, com base na TRI (Teoria da Resposta ao Item), e gerar o boletim de desempenho com as notas das quatro provas objetivas.

Não é possível saber a nota do Enem apenas com o gabarito em mãos porque o método de correção leva em conta o grau de dificuldade das questões acertadas e erradas para analisar o desempenho dos estudantes.

O número de acertos do candidato não representa a pontuação final. O TRI analisa a coerência das respostas marcadas, atribuindo peso diferenciado para as respostas aleatórias e para os acertos garantidos por conhecimento.

Assim, dois candidatos que acertaram o mesmo número de questões podem ter notas diferentes. Por isso, é possível apenas ter uma noção de como foi o desempenho geral na prova.

Como a redação é avaliada?

A redação é a única avaliação em que a nota varia de 0 a 1.000. As folhas de redações serão corrigidas digitalmente por mais de 5.000 avaliadores selecionados e capacitados para o trabalho. Cada redação é analisada por, pelo menos, dois corretores, que atribuem uma pontuação, sem saber a do outro.

Caso haja discrepância entre as notas, a redação será reavaliada, de forma independente, por um terceiro avaliador. Neste caso, a nota final será a média aritmética das duas notas totais que mais se aproximarem.

Se a divergência ainda continuar após a terceira correção, o texto será avaliado por uma banca presencial composta por três professores, que vai decidir a nota final do participante.

Como entender a nota do Enem?

A prova do Enem tem cinco notas: uma para cada área de conhecimento avaliada (ciências da natureza, ciências humanas, linguagens e matemática) mais a média da redação.

O Inep não calcula uma média global de desempenho, apenas apresenta as médias separadamente. A média obtida depende do cálculo TRI —além do número de questões respondidas corretamente, também avalia a dificuldade das questões erradas e acertadas e a consistência das respostas.

Os limites da escala do Enem, dentro de cada área, variam conforme o nível de dificuldade das questões da prova e o comportamento dos estudantes em cada questão. Portanto, o mínimo e o máximo para cada área avaliada não são prefixados.

Depois que sair o resultado, o que devo fazer?

O Enem é o principal processo seletivo para a maioria das universidades do Brasil.

Assim que o resultado é divulgado, o candidato tem poucos dias para participar dos principais processos seletivos que usam a nota do exame —o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), o Prouni (Programa Universidade para Todos) e o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

O resultado vem na forma de um boletim de desempenho individual. É esse desempenho que você vai utilizar para participar dos principais processos seletivos que usam a nota do Enem ou para entrar direto em uma faculdade particular.

Quem tem o sonho de estudar fora do Brasil pode, ainda, usar a nota para ingressar em cursos de outras instituições parceiras.

Enem