PUBLICIDADE
Topo

Quase 1 milhão de alunos de universidades federais não têm aula há 2 meses

13.mar.2020 - Estudantes usam máscara protetora na Universidade de Brasília (UNB), que é uma das instituições com aulas suspensas - Adriano Machado/Reuters
13.mar.2020 - Estudantes usam máscara protetora na Universidade de Brasília (UNB), que é uma das instituições com aulas suspensas Imagem: Adriano Machado/Reuters

Do UOL, em São Paulo

14/05/2020 08h24

Das 69 universidades federais em todo o país, 59 estão com aulas suspensas por causa da pandemia do coronavírus. Juntas, essas universidades somam 962.072 estudantes que estão sem receber conteúdo.

A maioria dessas instituições suspendeu as atividades entre 15 e 20 de março, mas há casos de universidades que só adotaram a medida no início de abril.

Os dados são do Ministério da Educação (MEC), que criou um portal para acompanhamento da situação das universidades federais durante a pandemia.

Entre as dez instituições que não suspenderam as atividades, seis adotaram o ensino a distância —com aulas online—, e outras quatro funcionam parcialmente. Ao todo, 161.619 estudantes estão nessas universidades.

Ensino a distância

Em 18 de março, o MEC autorizou que as universidades federais adotassem o modelo de ensino a distância como alternativa para os estudantes não ficarem sem conteúdo durante o período da pandemia.

A medida foi prorrogada ontem por mais um mês, até junho.