Topo

Após 4h de bloqueio, alunos liberam cruzamento da Rebouças com Faria Lima

Fabiana Maranhão

Do UOL, em São Paulo

30/11/2015 11h33Atualizada em 30/11/2015 13h02

Os estudantes que protestavam na manhã desta segunda-feira (30) no cruzamento das avenidas Rebouças e Brigadeiro Faria Lima, na região de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, deixaram o local por volta das 11h30. A decisão ocorreu após a chegada de homens da Tropa de Choque da Polícia Militar. Houve negociação, e os estudantes decidiram sair do local pacificamente.

O bloqueio começou por volta das 7h30 em protesto contra a reorganização da rede estadual anunciada em setembro pelo Governo de São Paulo. Cerca de 300 mil alunos serão afetados diretamente pela medida, que deve fechar mais de 90 escolas.

Depois de liberar o cruzamento, eles saíram em caminhada pela avenida Faria Lima. Em seguida, bloquearam por alguns instantes o cruzamento da rua Teodoro Sampaio e a Pedroso de Morais e depois seguiram para a Escola Estadual Fernão Dias, por volta das 12h. A unidade está ocupada desde o dia 10 deste mês.

Desde o dia 9 de novembro, estudantes ocupam escolas em todo o Estado contra a reforma da rede. Até o fim da semana passada, mais de 180 estavam ocupadas.

Educação