PUBLICIDADE
Topo

Canhotos reclamam de mesas no Enem: "Atrapalha o andamento da prova"

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

04/11/2019 14h26

No último domingo (3), estudantes realizaram o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Nas redes sociais, além de discutirem as questões e o tema da redação, muitos inscritos não pouparam críticas a estrutura das salas de aula, que, segundo eles, não atendiam os canhotos de forma adequada.

No Twitter, a usuária que se identifica como @sounatprereira fez uma publicação a respeito do assunto: "Ninguém pensa nos canhotos, né? Na sala que eu estava fazendo ENEM, todas as carteiras eram daquele modelo com a mesa do lado direito da cadeira", escreveu ela no tuite que repercutiu entre outros candidatos.

Em resposta, outros estudantes concordaram com a reclamação feita por ela e relataram suas próprias experiências.

"Eu também percebi isso, na minha não tinha nenhuma", escreveu uma delas. "Parece besteira, mas é desconfortável ficar toda torta por mais de cinco horas para escrever", acrescentou outra.

"Vocês não têm noção o quão incômodo é entrar em uma sala e não se sentir confortável por todas serem para destros. A forma como você senta atrapalha demais o andamento da prova, você sente dores e não deu nem 3 horas de prova", se queixou mais um estudante.

Assistência diferenciada

No momento da inscrição do Enem, os candidatos podem optar por esse recurso. Para garantir equidade e autonomia entre todos os participantes do Exame, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) também oferece atendimento especial para quem possui algum tipo de condição e necessite de assistência diferenciada.

Enem