PUBLICIDADE
Topo

Educação

Enem


Simuladores do Sisu ajudam a escolher curso; veja como usar a nota do Enem

Página inicial do Sisu 2020 - Reprodução
Página inicial do Sisu 2020 Imagem: Reprodução

Ana Carla Bermúdez

Do UOL, em São Paulo

22/01/2020 16h36

Com inscrições abertas desde ontem, o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) oferece cerca de 237 mil vagas em instituições públicas de ensino superior em todo o país para quem fez o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2019. O prazo para se inscrever vai até as 23h59 de domingo (26).

Os candidatos são selecionados com base na média do Enem. Diversos simuladores do Sisu ajudam a entender em quais cursos sua nota pode significar uma maior chance de aprovação. Entenda:

Opções

No Sisu, cada candidato pode se inscrever em até duas opções de vaga, sendo que uma delas será a sua primeira opção. Vale lembrar que, para participar do programa, é preciso ter feito o Enem em 2019 sem ter zerado a prova de redação.

A nota mínima para ingresso em cada curso (conhecida como nota de corte) é calculada diariamente durante o período de inscrições, sendo atualizada normalmente à meia-noite.

Simuladores comparam desempenho do candidato no Enem com notas de corte do Sisu no passado - Reprodução
Simuladores comparam desempenho do candidato no Enem com notas de corte do Sisu no passado
Imagem: Reprodução

Simuladores usam notas do últimos anos como parâmetro

Em geral, os simuladores disponíveis na internet são gratuitos, apesar de exigirem um cadastro do usuário, e comparam o desempenho obtido no Enem pelo candidato com as notas de corte do Sisu do ano passado. É o caso das ferramentas disponibilizadas pelos sites Stoodi e Me Salva!, por exemplo.

Já o simulador disponibilizado pelo site Quero Bolsa permite que o candidato acompanhe a variação da nota de corte nos últimos anos e as médias por estado.

Simulador do Sisu do Me Salva! - Reprodução
Simulador do Sisu do Me Salva!
Imagem: Reprodução

Os simuladores disponíveis na internet costumam utilizar a média simples do Enem, que é calculada pela soma do desempenho em cada uma das áreas avaliadas pela prova (Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática). Esse valor, então, é dividido por cinco.

Para algumas vagas ofertadas pelo Sisu, é possível que sejam estabelecidos pesos diferentes para o cálculo da média.

Ou seja, para um curso da área de exatas, por exemplo, uma instituição pode determinar que a nota obtida pelos candidatos em Matemática no Enem tenha maior peso na hora de se fazer o cálculo da média. Esse critério pode ser estabelecido pelas universidades e pode ser consultado nas regras dos processos seletivos.

Datas do Sisu 2020

Período de inscrições: de 21 a 26 de janeiro

Resultado da chamada regular: 28 de janeiro.

O prazo para participar da lista de espera será de 29 de janeiro a 4 de fevereiro. Já a convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições acontece entre 7 de fevereiro e 30 de abril.

Enem