PUBLICIDADE
Topo

Apanhei como vocês, diz Nobel da Paz para alunos que ocuparam escolas

Kailash Satyarthi com alunos da escola estadual Fernão Dias - Lucas Rodrigues/UOL
Kailash Satyarthi com alunos da escola estadual Fernão Dias Imagem: Lucas Rodrigues/UOL

Bruna Souza Cruz e Lucas Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

26/01/2016 19h19

“Quando eu tinha 13 anos, fui preso pela polícia porque tentava ir contra [a entrada do idioma] o inglês no currículo escolar. Fui preso e apanhei como vocês. Mas se pudesse, faria tudo de novo. Os jovens têm que ocupar o mundo todo”, disse o indiano Kailash Satyarthi, ganhador do Nobel da Paz 2014, para alguns estudantes que ocuparam escolas contra a reorganização escolar em São Paulo.

A prisão do ativista foi relembrada na manhã desta terça-feira (26) durante uma aula pública sobre direito à educação no Brasil e no mundo, organizada pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação. Em várias de suas falas, Satyarthi fez questão de parabenizar os jovens pelo protagonismo na luta pela educação.

Durante os protestos, vários confrontos entre a polícia militar e manifestantes tiveram destaque nos noticiários.

“Quando eu ia para o ato, eu achava que não ia sofrer nenhum tipo repressão. A gente é menor de idade, né? Aí aconteceu tudo ao contrário. A gente apanhou muito. E foi uma coisa que me fez amadurecer bastante”, afirmou Jéssica, estudante da escola estadual Fernão Dias, sobre sua experiência durante as manifestações e ocupação do colégio.