Topo

Planos de aula

Ensino Fundamental


História - Revolução dos Cravos

Érica Alves da Silva

Revolução dos Cravos

Objetivos

1. Conhecer o período da ditadura salazarista em Portugal.

2. Conhecer o movimento que derrubou o regime salazarista.

3. Analisar as possibilidades de utilização da música em lutas sociais.

4. Desenvolver a habilidade de selecionar informações na internet.

Estratégias

1. Leve à sala de aula a letra da música "Grândola, vila morena". Pergunte aos alunos se eles conhecem essa música e se sabem de sua importância para a história de Portugal.

2. Utilize as respostas dos alunos para apresentar o contexto histórico em que essa música foi utilizada. Restrinja-se a descrever contra o que lutavam os membros do MFA - Movimento das Forças Armadas.

3. Leve os alunos ao laboratório de informática e peça que pesquisem sobre o salazarismo e a Revolução dos Cravos. Não deixe de orientá-los sobre a importância de saberem selecionar informações nos diferentes sites.

4. Depois de os alunos terem obtido informações referentes aos assuntos, retorne à sala de aula e construa, com auxílio da classe, uma linha do tempo, que deve estar permeada de imagens, trechos de poemas, versos da canção acima citada etc.

Atividades

1. Peça que os alunos se organizem em grupos e levantem um problema social que gostariam de resolver, da mesma forma que os membros do MFA.

2. Solicite que pesquisem letras de músicas que utilizariam se fossem tentar mobilizar a população para solucionar o problema social escolhido.

3. Peça que apresentem aos colegas a música escolhida e expliquem porque consideram que a letra representa suas ideias.

4. Feche a atividade com comentários sobre as produções dos alunos, utilizando suas apresentações para exemplificar outras situações em que a música foi utilizada como elemento de mobilização da sociedade ou para provocar debates sobre problemas sociais.

Observação: Não será negativo para a proposta se mais de um grupo optar pelo mesmo problema social; ao contrário, eles poderão discutir as diferentes ideias e interpretações dos colegas.

Sugestão de leitura

  • MAXWELL, Kenneth. A construção da democracia em Portugal. Lisboa, Editorial Presença, 1999.

é historiadora.

Mais Ensino Fundamental