Topo

Planos de aula

Ensino Fundamental


Matemática - Gráfico ou texto? Depende do contexto...

Antonio Rodrigues Neto

Gráfico ou texto? Depende do contexto...

Objetivo

Mostrar o gráfico como um recurso visual para ilustrar e descrever as relações matemáticas dos fatos, ou de histórias, apresentadas por um texto. Utilizar a questão do ENEM, como ponto de partida, para esse tipo de estratégia, motivando os alunos à leitura desse tipo de texto.

Séries

Primeiro ano do Ensino Médio.

Estratégias

1) Apresentar uma questão do ENEM que propõe a construção de um gráfico a partir de um texto:

2) Analisar o texto do problema identificando as principais informações.

3) Explicar para os alunos o conceito de variável a partir de exemplos do cotidiano. Há algum tipo de medida que é sempre constante?

4) Mostrar aos alunos que para interpretar se uma medida é variável ou constante, é necessário analisá-la em determinados intervalos de tempo. Por exemplo, a variação do preço de um produto em um determinado período.

5) Quais e que tipos de medidas estão envolvidas na questão apresentada pelo ENEM? Quais são os intervalos de tempo?

6) Analisar as expressões que são utilizadas no texto como mais rápida, até se tornar imperceptível e outras, relacionando-as com o conceito de declividade. Esboçar na lousa esquemas e desenhos para auxiliar a interpretação desse conceito.

7) Esboçar um gráfico para cada um dos intervalos, apresentados na questão do ENEM, retomando o conceito de declividade como indicador de velocidade de crescimento e decrescimento.

8) Apresentar as alternativas da questão, com a proposta de analisá-las separadamente.

9) Na alternativa D, o crescimento entre 0 e 10 anos é mais rápido do que entre 10 e 17 anos, e podemos até interpretar que a partir dos 17 anos, a variação é pequena ficando quase imperceptível. No entanto, os degraus formados no gráfico excluem essa alternativa porque é impossível ter crescimentos instantâneos. A partir dessa análise, a alternativa E também é excluída.

10) Na alternativa C, são apresentados os crescimentos instantâneos reforçando ainda mais o absurdo dessa possibilidade.

11) Na alternativa B, além dos crescimentos instantâneos, ela mostra intervalos em que não houve crescimento, isto é, constante ou, se preferir, com declividade igual a zero. Um desses intervalos é entre 10 e 17 anos, e é incompatível com o texto.

12) A alternativa A é a correta porque é coerente com o texto em relação à experiência do crescimento da fase infantil para a fase adulta, mostrando que nesse tipo de crescimento não há descontinuidade, isto é variações instantâneas.

Atividades

1) Construir um gráfico de linha, com medidas aproximadas, relacionando a variação de temperatura com um intervalo de tempo, de duas em duas horas, durante o dia.

2) Escolher e recortar gráficos de linha de jornais e revistas indicando medidas econômicas. Identificar quais são as medidas envolvidas, analisando os supostos crescimentos, decrescimentos ou nenhum tipo de variação. Ampliar os gráficos, com as respectivas interpretações, apresentando-os para a sala de aula.

professor de matemática no ensino fundamental e superior, é mestre em educação pela USP e autor do livro "Geometria e Estética: experiências com o jogo de xadrez" pela Editora da UNESP.

Mais Ensino Fundamental