Interações ecológicas

Mariana Aprile

  • Binsar Bakkara/AP

    Tigre de Sumatra, predador que pode vir a ser extinto no século 21

    Tigre de Sumatra, predador que pode vir a ser extinto no século 21

Objetivos

1) Compreender o conceito de interação ecológica;

2) Analisar os tipos de interação ecológica;

3) Identificar as interações ecológicas exemplificadas em imagens;

4) Desenvolver a capacidade de diferenciar e caracterizar as interações ecológicas;

5) Perceber a importância das interações ecológicas, tanto para a saúde dos ecossistemas como para as populações de seres vivos.

Comentários

É importante que os alunos compreendam os conceitos sobre as relações entre os seres vivos, porém é fundamental que os estudantes percebam o quão interligado está o equilíbrio dos ecossistemas com as interações ecológicas — e quão delicada é essa ligação.

Procedimentos

1) Inicie a aula com um diálogo sobre os tipos de sociedades que as pessoas estabelecem entre si, nos negócios. Esse tipo de abordagem tem finalidade de despertar e focar a atenção da classe nas relações humanas, que são mais fáceis de se compreender e que servirão como introdução ao tema dessa aula.

2) Comente que existem sociedades em que os sócios têm igual participação nos lucros da empresa, e outras em que uns levam vantagem sobre os outros. Em seguida, explique sobre as relações harmônicas e desarmônicas, que ocorrem na natureza.

3) Explique o conceito de interação ecológica e, em seguida, esclareça que as relações entre os seres vivos podem ser entre seres de mesma espécie (intraespecíficas) e seres de espécies diferentes (interespecíficas).

4) Agora, inicie uma apresentação de imagens, com um exemplo de cada uma das interações ecológicas e, explique-as para os alunos. Professor, se achar conveniente, estimule a participação dos estudantes com perguntas como: “Nesse caso, será que a relação é benéfica para ambos os seres vivos? Como vocês acham que essa interação se chama?”

5) Após explicar cada uma das interações ecológicas, peça para que os alunos trabalhem em duplas, o seguinte questionário, que deverá ser entregue na próxima aula:

1. Diferencie e explique, com exemplos, as relações intraespecíficas harmônicas e desarmônicas.

2. O que é simbiose? Dê um exemplo.

3. Explique o que é um predador, e o que é uma presa e, em seguida, explique como e quando um predador pode se tornar uma presa?

4. Qual a diferença entre mutualismo e de proto cooperação?

5. O que você entende por neutralismo?

6. Defina e exemplifique:

a) parasitismo;

b) parasita;

c) ectoparasita;

d) endoparasita;

e) hospedeiro.

7. Diferencie uma orquídea de uma erva-de-passarinho quanto às interações ecológicas que elas estabelecem com outras plantas.

8. O inquilinismo e o amensalismo possuem características em comum, apesar de serem relações ecológicas distintas. Comente a semelhança dessas interações. E o que as diferencia?

9. O que aconteceria se um predador como o lobo (Cannis lupus) deixasse de existir? Isso seria benéfico para os animais que fazem parte de sua alimentação? E quanto ao seu habitat natural, quais seriam as consequências?

10. Qual a importância das interações ecológicas para a manutenção da vida?

11. Como o ser humano interfere no equilíbrio das interações ecológicas?

12. Na sua opinião, o que é preciso ser feito para mudar essa situação?

Dica

Professor utilize como material complementar, o texto Relações ecológicas, do UOL Educação.

Mariana Aprile
é bacharel em biologia e educadora ambiental.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos