O ciclo da água

Mariana Aprile

Objetivos

1) Exercitar a prática de metodologia científica por meio da construção de um terrário;

2) Observar e compreender o ciclo da água de maneira empírica;

3) Desenvolver a capacidade de explicar os dois tipos de ciclo da água (grande e pequeno);

4) Compreender a importância da preservação da água, como recurso natural.

Comentários

Um terrário é um modelo didático de um ecossistema em tamanho reduzido. No caso dessa aula, o terrário imita as condições naturais de uma floresta tropical úmida, como a Amazônia.

Ao elaborar esse modelo, os alunos são estimulados a estudar, de modo experimental, os fenômenos físicos, químicos e biológicos envolvidos no ciclo da água ? e como esses efeitos naturais são muito ligados, é interessante utilizar o terrário como uma ferramenta de aprendizagem multidisciplinar.

Procedimentos

1) Professor, antes do início dessa aula, a sala deverá ser dividida em grupos de no máximo quatro alunos. Também é preciso orientar a sua classe para que cada grupo providencie os seguintes materiais:

1 aquário retangular de 5 litros;

1 rolo de filme plástico (PVC);

1 fita adesiva transparente;

500g de terra vegetal;

400g de areia grossa;

400g de carvão vegetal granulado (à venda em lojas de aquarismo);

300g de pedrinhas de aquário;

1 pulverizador de água de 0,5 litros;

1 colher de sopa (para servir de pá);

200g de fibra de coco;

mudas de plantas (sugestão: Chamaedora elegans, e Philodendron sp.);

1 pinça comprida (pode-se utilizar dois hashis (palitos japoneses) presos com elástico em uma das extremidades);

1 chumaço de algodão;

1 copo plástico descartável.

2) Na primeira aula, os alunos irão montar o terrário. Escreva na lousa um roteiro, com as instruções de construção desse ecossistema em miniatura. É importante que todos os passos sejam seguidos de maneira correta, para que o experimento apresente o resultado esperado.

3) Primeiro, misture o carvão vegetal com as pedrinhas de aquário e deposite a mistura no fundo, de modo que essa camada atinja 2,5cm de espessura ? essa etapa é importante para que ocorra a drenagem da água.

4) Oriente os alunos para que misturem duas partes de terra vegetal com duas de areia grossa, e mais uma parte de fibra de coco. Essa composição é ideal para a maioria das plantas de ambiente tropical e subtropical.

5) Deposite, no terrário, a segunda camada de mistura até que fique com 4cm de espessura. Em seguida, deve-se pulverizar água sobre a terra, com cuidado para não encharcá-la.

6) Com a colher, faça um buraco na terra, de modo que seja possível encaixar o copo descartável e, então, encha-o com água. Isso irá representar uma pequena lagoa.

7) Antes de colocar as plantas no terrário, cave os buracos na terra.

8) Remova as mudas dos vasinhos, com cuidado para não danificar suas raízes, e, depois, plante-as. Pulverize água sobre as plantas no terrário.

9) Com a pinça e o algodão, limpe o interior do vidro do terrário e, por fim, cubra-o com o filme de PVC. Para que o sistema fique bem vedado, prenda o filme plástico com a fita adesiva.

10) Os terrários deverão receber luz solar indireta, por uma semana. Durante esse período, os alunos deverão anotar as mudanças observadas em seus miniecossistemas. Peça para que os alunos reparem na água, formação de gotículas, deposição de água no solo, etc.

11) Na aula seguinte, discuta com os alunos sobre os fenômenos observados nos terrários e use-os para explicar o pequeno e o grande ciclo da água.

12) Relacione a fotossíntese com o ciclo da água, e , por fim, proponha o seguinte questionário para casa:

a) Explique, com suas palavras, o pequeno e o grande ciclo da água. Faça um esquema de cada um deles.

b) Como você observou o ciclo da água no terrário?

c) Qual a importância das plantas para o ciclo da água?

d) Qual a relação da fotossíntese com o ciclo da água?

e) Explique por que é importante preservar a água e quais são as principais fontes de poluição.

Mariana Aprile
é bacharel em biologia e educadora ambiental.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos