Sílaba tônica: o jogo da língua

Ponto de partida

Essa atividade deve ser posterior ao aprendizado das sílabas tônicas, da classificação dos vocábulos quanto ao número de sílabas e da classificação das palavras em oxítonas, paroxítonas e proparoxítonas. Todo esse conhecimento servirá para uma reflexão sobre a língua portuguesa, que leve em conta que a tonicidade é um dos fundamentos da acentuação.

Objetivo

1) Sensibilizar os alunos para características próprias da língua portuguesa, que são na maioria das vezes inconscientes para o falante.

2) Perceber a ligação entre tonicidade, número de sílabas na palavra e acentuação gráfica.

3) Reconhecer as sílabas tônicas das palavras. Separar sílabas. Classificar as palavras em oxítonas, paroxítonas e proparoxítonas.

Justificativa

Partindo-se do pressuposto que os alunos já tenham a informação técnica sobre a tonicidade das palavras, sobre número de sílabas, separação silábica e acentuação gráfica, vamos propor uma atividade que permita vivenciar certas características da língua, a partir da experiência pessoal dos alunos.

Estratégias

1) Cada grupo seleciona um artigo de jornal ou revista. Desse texto, deve selecionar o primeiro ou os dois primeiros parágrafos.

2) Todas as palavras que fazem parte desse(s) parágrafo(s) serão selecionadas e classificadas.

3) Uma primeira pesquisa deverá apontar o número de palavras oxítonas (incluindo os monossílabos tônicos), paroxítonas e proparoxítonas.

4) Em seguida, cada grupo fará a tabulação dos dados, indicando a quantidade total de palavras, e a quantidade de palavras oxítonas, paroxítonas e proparoxítonas.

5) Esses resultados serão comparados entre os grupos, para ver se obedecem a algum padrão. Qual categoria engloba o maior número de palavras? Qual categoria engloba o menor número de palavras? Isso indica um determinado padrão da língua?

6) Uma segunda pesquisa deverá responder à seguinte questão: em cada categoria, que palavras são acentuadas?

Certamente, surgirão dúvidas e dificuldades durante a realização da pesquisa, que devem ser respeitadas e dirimidas pelo coordenador ou professor. Por exemplo, palavras que os alunos tem dificuldade em classificar poderiam ser colocadas numa lista à parte, para serem trabalhadas em paralelo.

Atividade

O óbvio desdobramento dessa pesquisa é a dedução das regras de acentuação. A acentuação está baseada na freqüência de ocorrências. Pode-se verificar a correlação entre a tendência paroxítona da língua e a necessidade de acentuação dos vocábulos que fogem a essa tendência.

O importante é deixar que os alunos formulem livremente suas hipóteses. Aos poucos, essas hipóteses podem ser selecionadas e avaliadas pela classe.

Uma vez que os alunos tenham vivenciado essas propriedades da língua, podem relacioná-las com as regras formais de acentuação.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos