Cracolândia: A terra do crack

NOTA 0,0

A Cracolândia cracolândia é uma palavra popular para designar uma área no centro da cidade de São Paulo, para ser mais específico fica situada no bairro de Santa Efigênia, coincidindo parcialmente com a região da Boca do Lixo, a área tem em suas imediações a Avenida avenida Duque de Caxias, a Rio Branco, Praça Branco e a praça Princesa Isabel, onde historicamente se desenvolveu intenso tráfico de drogas.

A cidade de São Paulo é a mais populosa do Brasil, do continente americano e do hemisfério sul, portanto logo se torna a cidade brasileira mais influente no cenário global. Principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América do Sul, a população e empresários começaram a ficar insatisfeita com uma área no centro da cidade, a Cracolândia no cracolândia, na qual centenas de imóveis foram declaradas de utilidade pública, em uma área que gira em torno dos seus 105 mil metros quadrados, e estão sendo desapropriados desapropriadas. O objetivo da prefeitura seria tornar a área atrativa a investimentos privados, abrindo espaços para empresas do setor imobiliário.

No início de 2012 começou uma intensa operação ao contra o tráfico da região e ajuda aos usuários de crack, no final do mês de janeiro a Cracolândia cracolândia já tinha se espalhado para bairros vizinhos, esses chamados pela mídia de "mini-cracolândias" minicracolândia. A operação resultou em inúmeros usuários foram encaminhados a instituições de recuperações recuperação, outros apreendidos em flagrante pela polícia, fora as toneladas de vários tipos de drogas ilícitas.

A Cracolândia cracolândia não é um lugar perdido no Brasil, nessa área se encontra encontram trabalhadores, pessoas que precisam de auxilio auxílio para a sua reintegração à sociedade tirando ele da situação de morador de rua, e dando a possibilidade do individuo de o indivíduo buscar uma nova vida, exercendo atividades remuneradas.

Comentário geral

Não é pela existência dos problemas assinalados em vermelho, nem pelos corrigidos em verde, que essa redação recebe a nota mínima. O zero se deve ao fato de o autor ter pensado que o tema proposto pelo Banco de Redações era a cracolândia, quando, na verdade, o tema é a internação compulsória. Sobre isso, o autor não disse absolutamente nada. Então, não vem ao caso se ele falou sobre a cracolândia paulistana. Poderia ter falado sobre qualquer outro lugar do Brasil ou do mundo, sobre o crescimento do uso de entorpecentes na sociedade contemporânea, sobre os malefícios que o crack faz à saúde, etc. O tema sobre o qual ele deveria dissertar continuaria sendo a internação compulsória dos dependentes de crack, tema de que ele simplesmente se esqueceu.

Aspectos pontuais

 

1) Primeiro parágrafo: a) a palavra não designa exclusivamente a cracolândia da cidade de São Paulo. b) Historicamente significa quanto tempo? A que período exatamente o autor estaria se referindo?

2) Segundo parágrafo: a) a inferência é equivocada. O fato de ser a cidade mais populosa de todas as regiões mencionadas pelo autor não torna São Paulo influente no cenário global. Cidades como Nova York, Londres e Paris, muito menos populosas do que São Paulo, são muito mais influente no cenário global. Por outro lado, a cidade de Lagos, na Nigéria, é mais populosa do que São Paulo e, nem por isso, mais influente. b) Os empresários não fazem parte da população? Fazem e, nesse sentido, não são um grupo à parte. c) Para que repetir a localização da cracolândia, já mencionada antes? d) O autor pode achar que o objetivo da prefeitura é o que ele diz, mas precisa apresentar as razões que o levaram a essa conclusão.

3) Terceiro parágrafo: a) O autor tem dificuldade de lidar com indicadores temporais. Fala em início de 2012 e em janeiro, logo supõe-se que ele se refere de janeiro de 2012, mas a proposta de redação surge de uma ação realizada em junho de 2017. b) O parágrafo se encerra com uma oração cuja sintaxe está truncada.

4) Quarto parágrafo: a) o autor mistura plural e singular. Fala de pessoas, mas depois diz tirando ele (o que já é também um erro do uso do pronome). b) Fica sugerido que a finalidade de retirar as pessoas da situação miserável em que estão devido ao crack é torná-las aptas a exercerem atividades remuneradas. Não é bem assim. Em primeiro lugar, busca-se resgatar a dignidade daquelas pessoasa.

 

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,0
Nota final 0,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos