Humanidade princípio da ação

NOTA 2,5

É possível observar, que uma observar que, numa comparação feita entre os séculos xx e xxi XX e XXI (ou 20 e 21) , percebe-se que que, no século atual, o número de usuários de drogas é extremamente alarmante. Tal questão, requer questão requer uma atitude eficaz antes que haja um comprometimento maior da vida de pessoas que tornam-se se tornam dependentes de substâncias prejudiciais à saúde.

No Brasil, nos últimos dois meses meses, foi noticiado noticiada constantemente uma ação policial no estado de São Paulo, em uma região denominada cracolândia. Neste Nesse local, há uma grande quantidade de indivíduos consumindo diversas substâncias com um alto nível de toxicidade, é e uma delas é o crack. A partir dessa evidência evidência, percebeu a grave realidade daquele local, é e isso despertou uma atitude vinda das autoridades e executadas executada pela polícia.

O regime policial iniciou uma operação radical, uma internação das pessoas que habitam naquele ponto é e isso gerou uma revolta por parte deles. Uma espécie de confronto travou-se e que houve mortes, e aquilo expandiu a violência de uma forma nunca vista antes. Percebe-se, então, a real necessidade de como agir nesses casos, é necessário um real estudo, para uma maior eficácia operacional.

Portanto, afim dea fim de atenuar a situação supracitada, é necessário um esforço coletivo por parte da população é e de um movimento formado por psiquiatras, pois assim haveria um consenso e todas as ações seriam eficazes. Após isso, entraria uma ação do Poder Judiciário juntamente com a polícia para legalizar esse processo de mudança de dependentes para centros especializados em dependência química.

Comentário geral

 

Texto fraco, que é mais expositivo do que argumentativo, tem diversos problemas estruturais, pois falta sequência lógica para traçar uma linha de raciocínio, bem como falta maior coesão entre as frases e os parágrafos. Em termos de conteúdo, há muitos equívocos que deixam o texto ainda mais ambíguo e amorfo, sem falar no caráter altamente genérico e equivocado ao apresentar sugestão para resolver o problema. Usar a conjunção aditiva e com acento agudo é um erro gramatical inaceitável para um aluno do ensino médio.

 

Aspectos pontuais

1) Título: entre a primeira e a segunda palavra é necessário um sinal de pontuação, sejam dois pontos, travessão ou vírgula.

2) Primeiro parágrafo: há muitas substâncias prejudiciais à saúde, de que as pessoas podem se tornar dependentes, que não são necessariamente drogas psicotrópicas, como açúcar para dar um exemplo. Por isso, a expressão do autor é inadequada, pois não delimita com precisão a que substâncias ele se refere.

3) Segundo parágrafo: a) não há, por assim dizer, uma cracolândia estadual. Além disso, a ação a que se refere o tema se deu na cidade, no município de São Paulo e não no estado como um todo. b) Mais uma vez, a expressão é incorreta: não se trata do nível de toxicidade das substâncias. Há substâncias altamente tóxicas, como as radioativas, que não estão ligadas ao consumo de drogas na cracolândia. c) Quem percebeu? O autor não apresenta nenhum sujeito para sua frase. Alguém percebeu. Quem? Cabe ao autor esclarecer. d) O autor não consegue apresentar os fatos como eles aconteceram. A cracolândia virou uma notória feira-livre de drogas e o governo pôs a polícia para reprimir o tráfico e o consumo no local, medida que gerou polêmica.

4) Terceiro parágrafo: a) Regime policial não significa polícia, mas um regime político que mantém a população sob vigilância. b) A polícia não internou ninguém, ao contrário dispersou os habitantes da cracolândia em suas cercanias. c) Como assim: espécie de confronto? d) O insucesso da operação evidenciou a necessidade de agir de modo mais eficaz, diz o autor. O que ele entende por modo mais eficaz? O que vai dizer no parágrafo seguinte?

5) Quarto parágrafo: a) a ideia é atenuar ou resolver? Falar em atenuação pressupõe uma abordagem do problema que o autor nem sequer mencionou. b) Que tipo de esforço coletivo a população pode desenvolver? Isso é genérico demais e somar a esse esforço com um movimento psiquiátrico, que é tão genérico quanto, não permite vislumbrar nada de prático. c) Legalizar que tipo de processo de mudança? A lei brasileira já prevê os casos de internação de dependentes químicos. O Judiciário e a polícia aplicam a lei. Quem faz as leis ou a legalização de procedimentos é o poder Legislativo.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,5
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 2,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos