PUBLICIDADE
Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


Redações Corrigidas - Fevereiro/2020 Qualificação e o futuro do emprego

Taxa de desemprego fecha o trimestre encerrado em novembro do ano passado em 11,2%, com cerca de 12 milhões de desempregados, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) - Rovena Rosa/Agência Brasil
Taxa de desemprego fecha o trimestre encerrado em novembro do ano passado em 11,2%, com cerca de 12 milhões de desempregados, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) Imagem: Rovena Rosa/Agência Brasil

Antonio Carlos Olivieri, da Página 3 Pedagogia & Comunicação

2020-02-01-05:00

O número de pessoas desempregadas no mundo deve aumentar este ano para 190,5 milhões, embora o subemprego afete mais do que o dobro de pessoas, de acordo com um relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) publicado no dia 20 de janeiro passado. O problema decorre do fato de a força de trabalho aumentar (proporcionalmente ao crescimento da população) e não estarem sendo criados empregos suficientes para absorver os recém-chegados ao mercado de trabalho. "Para milhões de pessoas comuns, é cada vez mais difícil construir uma vida melhor graças ao trabalho", disse o diretor-geral da OIT, Guy Ryder, na entrevista coletiva em que apresentou o relatório.

Não bastasse isso, o Fórum Econômico Mundial já havia divulgado um estudo que afirma que, em 2025, mais da metade das tarefas executadas em ambiente de trabalho serão feitas por equipamentos eletrônicos. Hoje, essas máquinas já fazem 29% de todas as tarefas desempenhadas nas empresas. Com o avanço da inteligência artificial, os seres humanos acabarão substituídos na maioria dos trabalhos existentes. Mesmo que novas profissões venham a surgir, nem todos conseguirão se reinventar e se qualificar para essas funções de caráter científico e tecnológico.

As vagas que surgirão são para profissionais com qualificação muito alta. As empresas vão demandar, cada vez mais, cientistas de dados, analistas de dados, desenvolvedores de softwares e aplicativos, além de especialistas em e-commerce e mídias sociais — funções totalmente ligadas à tecnologia. Yuval Noah Harari, professor da Universidade Hebraica de Jerusalém e autor do livro Sapiens - Uma Breve História da Humanidade, comenta sobre uma nova classe de pessoas que deve surgir até 2050: a dos inúteis. "São pessoas que não serão apenas desempregadas, mas que não serão empregáveis", diz o historiador.

A partir do cenário delineado por essas constatações, redija uma dissertação argumentativa sobre o tema Qualificação e o futuro do emprego.

  • Como enviar sua redação

    Seu texto deve ser escrito na modalidade formal da língua portuguesa.

    Deve ter uma estrutura dissertativa-argumentativa.

    Não deve estar redigido sob a forma de poema (versos) ou narração.

    A redação deve ser digitada e ter, no mínimo, 800 caracteres e, no máximo, 3.000 caracteres.

    De preferência, dê um título à sua redação.

    Envie seu texto até 25 de fevereiro de 2020.

    Confira as redações avaliadas a partir de 1 de março de 2020.

    A redação pode ser enviada para o e-mail: bancoderedacoes@uol.com.br

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica foram aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores