PUBLICIDADE
Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Fevereiro/2020 Qualificação e o futuro do emprego

Redação corrigida 600

Transformações laborais

Inconsistente Erro Correção

A noção de emprego, com remuneração e direitos, foi moldada a partir da Revolução Industrial inglesa. Boa parte das mudanças, inerentes a esse período histórico, deveram-se à criação das primeiras máquinas máquinas, que substituíram milhares de trabalhadores, fazendo-os ficar sem empregos ou a trabalharem de forma insalubre e mal remunerada.

Atualmente Atualmente, o mundo passa pela quarta Revolução Industrial, responsável por mudar as relações humanas profundamente, profundamente as relações humanas por meio da alta tecnologia. Porém Porém, ainda são poucos os países que conseguem conciliar as mudanças causadas pela inconstante era cibernética.

Existem no Brasil, mais Brasil mais de 11 milhões de desempregados, que veem seus postos de emprego serem preenchidos por robôs - mais baratos e eficientes para as empresas. Esse cenário tende a piorar, e em piorar e algumas profissões poderão tornar-se obsoletas obsoletas, devido à escassez de demanda por meio parte das empresas. Em contrapartida contrapartida, atividades voltadas para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de softwares, bem como as que exigem o uso da criatividade humana, serão mais requisitadas, tendo em vista que os computadores apenas aprendem soluções, não sendo capazes de criar novas.

Portanto, cabe ao MEC implementar nas escolas metodologias em que com que os estudantes ganham ganhem cada vez mais conhecimento acerca do funcionamento do mundo tecnológico e laboral. Aperfeiçoando o ensino, tornando-o cada vez mais moderno, instrutivo e instigante aos interessados. Então Então, o Brasil terá profissionais capacitados, preparados desde cedo para os diversos cenários que o futuro possa vir a apresentar.

Comentário geral

Texto razoável, com uma grande quantidade de problemas pontuais.

Competências

  • 1) Em termos de linguagem, o texto é razoável, apesar dos erros e problemas corrigidos em verde. Em vermelho, apontamos uso subjetivo da linguagem ("inconstante era cibernética") e o truísmo de que o ensino deve ser "instrutivo". Outros problemas apontados na mesma cor são de conteúdo.
  • 2) Em termos estruturais, o texto tem uma introdução longa (os dois primeiros parágrafos), para uma argumentação breve (terceiro parágrafo).
  • 3) Além de breve, a argumentação tem equívocos: o desemprego no Brasil de hoje não está diretamente relacionado ao uso de robôs nas linhas de montagem. Quanto às máquinas não serem inteligentes e precisarem dos homens para funcionar, essa é uma verdade relativa, uma vez que a Inteligência Artificial é um campo em que muitos progressos têm sido registrados e as suas possibilidades permitem prever máquinas que tomem decisões.
  • 4) Uso razoável dos recursos coesivos. Nada que coloque o texto acima da média nesse quesito.
  • 5) Considerando as premissas do autor, a conclusão está OK. Contudo, o problema apontado pela proposta de redação é maior do que o autor consegue compreender.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 120
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 120
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 120
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 120
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 120
Nota final 600

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.