PUBLICIDADE
Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Março/2020 Carnaval e apropriação cultural

Redação corrigida 520

Multiculturalismo carnavalesco

Inconsistente Erro Correção

O carnaval no Brasil é uma tradição que simboliza a alegria do povo brasileiro. Todos os anos, os festeiros foliões surpreendem com as fantasias criativas, exuberantes e muitas vezes ousadas. Infelizmente, surpreendem, nem sempre porém, nem sempre surpreendem de forma positiva, pois pois, dependendo da escolha dos adereços, pode podem causar polêmica, principalmente por vivermos em um momento histórico em que tanto se discute a respeito do multiculturalismo.

O Brasil é um país que possui uma diversidade cultural muito grande e é reconhecido por ser ter um povo acolhedor. No entanto, a fama não impede que existam situações que causam polêmicas relacionadas à discriminação. Muitas vezes, pessoas se encontram em polêmicas por descuido, outras por desrespeito.

A fantasia carnavalesca, com referência indígena, da atriz Alessandra Negrini da atriz Alessandra Negrini, com referências indígenas, é um exemplo de polêmica relacionada ao multiculturalismo. Enquanto alguns interpretaram a fantasia como uma forma de desrespeito cultural, outros entenderam que se tratava de uma fantasia como outra qualquer e que o importante é o momento festivo, e que o objetivo da fantasia foi sair da "fantasia habitual" e apenas entrar no clima carnavalesco.

Diante da situação, o importante é manter o diálogo e ouvir sempre os dois lados, pois a ofensa ofensa, nesse caso caso, entra no campo da interpretação, pois pois, no caso em questão questão, não se observa uma ofensa direta. O cuidado deve ser no sentido de não enquadrar tudo o que é diferente como ofensivo, pois nesse caso tudo seria desrespeito a culturas diferentes.

Comentário geral

Texto razoável, mas com muitos problemas pontuais sobre os quais o autor deve refletir, caso queira se aprimorar em redação.

Competências

  • 1) O texto traz muitos problemas de gramática e linguagem. Repete palavras que são conceitos fundamentais de sua tese, sem se preocupar em deixar claro o que elas significam e como se relacionam entre si. Por exemplo, ao falar de "multiculturalismo", o autor não se dá conta de que não explicou para o leitor o que ele é, quais suas implicações com fantasias carnavalescas e com discriminação. Provavelmente, considera que tudo isso está subentendido, mas não está. É preciso explicitar, esclarecer o sentido exato dos conceitos usados.
  • 2) O autor entendeu o tema, mas o desenvolvimento deixa a desejar. É bastante superficial e as ideias do autor não são apresentadas ao leitor com clareza suficiente.
  • 3) Os argumentos do autor, que procura ser bem isento em relação à apropriação cultural, são vagos. O melhor exemplo é o de dizer que a fantasia da atriz visava apenas a "sair da fantasia habitual". O que é "fantasia habitual" e o que as aspas que o autor pôs na expressão querem dar a entender? Aparentemente, o que o autor quer dizer é que esse tipo de fantasia pode não ser necessariamente um desrespeito, mas, ao contrário, uma homenagem, uma celebração da cultura retratada. O que isso tem que ver com "fantasia habitual"? O leitor não tem como descobrir.
  • 4) O texto é relativamente coeso, mesmo diante do uso parcimonioso de recursos coesivos.
  • 5) A conclusão é superficial demais e apela para outra dicotomia: a ofensa (simples) e a "ofensa direta", que estariam relacionadas não à fantasia, mas à interpetação que se tem dela. Nas últimas linhas, o autor trata de outro problema, não diretamente relacionado ao Carnaval e ao tema: o ficar ofendido com "tudo que é diferente". O que há de diferente, por exemplo, numa fantasia de índio, que é uma das mais tradicionais do Carnaval brasileiro?

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 120
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 120
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 80
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 120
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 80
Nota final 520

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.