PUBLICIDADE
Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Março/2020 Carnaval e apropriação cultural

Redação corrigida 880

Apropriação cultural: tão necessária quanto natural

Inconsistente Erro Correção

Todos os anos, foliões vão as às ruas fantasiados ou utilizando simbolos símbolos das mais diversas culturas culturas, como a indígena indígena, por exemplo. Uma simples tradição, que que, no entanto entanto, vira polêmica por para aqueles que não aprovam essa prática, alegando ser desrespeitosa e perpetuacão de perpetuar estereótipos, alcunhando a prática alcunhando-a de apropriação cultural. Todavia esses se esquecem que o uso desses símbolos é um fenômeno não apenas natural e espontâneo espontâneo, como também benéfico para uma sociedade.

Primeiramente, é importante pontuar que a cultura de um povo não é algo fechado e restrito, pelo contrário, é um processo dinâmico sujeito a mudanças no decorrer do tempo. O intercambio intercâmbio cultural entre povos é um fenômeno que permeou toda a história da civilização. A cultura ocidental é resultados o resultado das trocas culturais que se originaram do no período helenístico. Outro exemplo se dá na formação da rica e diversificada cultura brasileira brasileira, construída sobre o tripé do povo dos povos indígenas, africana e europeia africanos e europeus.

Além disso, o uso desses símbolos representa uma forma de preservação da memória histórica de um povo. Durante o carnaval, os blocos de rua e desfiles de escolas de samba cumprem esse papel papel, homenageando as diversas culturas por meio dos figurinos e enredos com mensagens de união e tolerância tolerância, promovendo assim um belo espetáculo. Outro exemplo é a capoeira, uma prática originada dos escravizados escravos que se difundiu no país e hoje representa a luta daquele povo contra o regime escravagista. Dessa forma forma, a assimilação de culturas presente nessas manifestações promove inclusão e memória histórica.

Desse modo, fica evidente que a crítica negativa ao uso de fantasias não faz sentido diante a da natureza espontânea desse processo. Ademais, não considera a importância da apropriação cultural à medida que contribui para o amadurecimento de uma sociedade. Sendo assim, o folião pode celebrar ainda mais mais, sabendo que a fantasia de índio não é instrumento de depreciação depreciação, mas sim de representatividade.

Comentário geral

Texto muito bom, cujos problemas são comentados a seguir.

Competências

  • 1) Texto muito bem escrito, com um pequeno número de erros, sem muita importância, à exceção dos assinalados em vermelho.
  • 2) Houve completa compreensão do tema e o desenvolvimento do texto, de caráter argumentativo, é correta.
  • 3) O autor apresenta basicamente dois argumentos em defesa de seu ponto de vista: o de que as trocas culturais existem desde tempos antigos, o que é um argumento histórico sólido, e o de que as apropriações (trocas) culturais no carnaval é preservação, homenagem e alimenta a tolerância, o que já é um argumento menos sólido, pois o autor não apresenta fatos fundamentando esse argumento.
  • 4) Texto bastante coeso, apesar da prolixidade. Quanto aos recursos coesivos, há que notar a repetição ("dessa forma", "desse modo") nos últimos parágrafos. Melhor seria substituir um deles por "assim".
  • 5) Conclusão coerente, mas na argumentação o autor não se estendeu sobre a espontaneidade do processo, nem sobre "amadurecimento" social. Falou na contribuição das trocas culturais para a formação das sociedades. Igualmente, transmitir tranquilidade aos foliões não é propriamente um dos objetivos do texto, que, no entanto, conclui-se com isso.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 160
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 200
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 160
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 200
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 160
Nota final 880

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.