PUBLICIDADE
Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Março/2020 Carnaval e apropriação cultural

Redação corrigida 440

Apropriação Cultural e o Racismo Velado

Inconsistente Erro Correção

No que se refere, a A apropriação cultural é um problema que está relacionado ao racismo. Dentre outras fatores, destaca-se um grave problema, que é a pessoa não ter vivido os preconceitos raciais e ainda não conhecer a cultura de que está apropriando-se se apropriando no Carnaval.

Certamente, a apropriação cultural no Carnaval é um preconceito racial velado, pois a pessoa afirma não está estar cometendo racismo. Usar cocar no Carnaval é ignorar o fato de muitos indígenas terem sido caçados e mortos no começo do Brasil e ainda serem mortos até hoje.

Além disso, o problema de uma pessoa está estar usando pinturas corporais, cocares e roupas indígenas como uma fantasia carnavalesca, sem mesmo conhecer a história daquela cultura. Apropriação cultural é um ato de caçoar com o do passado daquele povo, pois você não conhece a origem daquela cultura e os costumes delas dela.

Dessa forma, percebe-se a falta de conhecimento cultural que o próprio povo brasileiro tem de outras culturas nacionais e internacionais. São necessárias políticas públicas, do ministério da educação Ministério da Educação, para maiores acesso acessos a escolas com maiores conhecimento conhecimentos culturais do nosso próprio país e de outros. Assim Assim, teremos mais respeitos respeito com nossas várias culturas brasileiras e mundiais internacionais.

Comentário geral

Texto fraco, com muitos problemas de linguagem e estrutura, além da superficialidade, em termos de ideias.

Competências

  • 1) Texto com muitos erros graves de gramática. O autor incorre em redundância frequentemente, usa expressões incompletas ("dentre outros fatores") ou equivocadas ("no começo do Brasil") e ainda uma frase com sintaxe truncada (assinalada em vermelho no início do terceiro parágrafo).
  • 2) Houve entendimento do tema e uma tomada de posição em relação a ele, mas o desenvolvimento do texto é redundante: os dois primeiros parágrafos declaram que a apropriação cultural é uma forma de racismo; os dois últimos que ele provém da falta de conhecimento.
  • 3) A atgumentação é insuficiente. O autor faz afirmações sem apresentar fatos que as comprovem.
  • 4) Desde o primeiro parágrafo, vemos problemas com os recursos coesivos. O texto começa com o uso incorreto de "no que se refere a" e termina com a repetição de expressões coesivas num mesmo parágrafo ("dessa forma" e "assim", que têm o mesmo significado).
  • 5) A conclusão, além de redundante, é banal e genérica.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 80
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 120
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 80
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 80
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 80
Nota final 440

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.