PUBLICIDADE
Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Março/2020 Carnaval e apropriação cultural

Redação corrigida 720

Carnaval: uma festa de cultura

Inconsistente Erro Correção

O carnaval é um período de festas. Com festas, com folia, fantasias, desfiles e danças. Entretanto, atualmente tem se tornado tema de debates. O principal questionamento levantado se refere ao uso indevido de símbolos culturais em blocos e escolas de samba. A problemática se desenvolve a partir do preconceito velado e da ignorância presente na sociedade.

Uma vez que o problema não está no uso dos símbolos, mas na normalização de atitudes preconceituosas, gerando uma violência disfarçada. Por exemplo exemplo, quando as pessoas vestem adereços e roupas de origem indígena e fazem gestos ridicularizando rituais ou costumes, estão estimulando a imagem de uma cultura selvagem, fora da realidade da "civilização", remetendo ao período histórico da colonização. Essa atitude é racista e está ferindo diretamente a identidade de um povo. Podemos ver o mesmo enredo com atos machistas, homofobicos machistas e homofóbicos, dentre outros. O único caminho A única solução para isso é disseminar informação para as pessoas.

Cabe mencionar que grande parte da população enxerga a reflexão dos símbolos representados a apropriação cultural como um ato conceito "politicamente correto", alegando que o carnaval Carnaval é uma celebração descontraída e não voltada para discussões sociais. Acabamos esquecendo o princípio do respeito ao próximo, do lugar de fala, as das lutas através da e resistência afim a fim de firmar suas identidades sua identidade e a da desconstrução de estereótipos. Precisamos refletir criticamente sobre essas questões, não apenas no carnaval, mas também, ao longo do ano, pois dessa forma teremos o progresso que almejamos, aprendendo que todas as culturas passam por transformações e precisamos valorizar cada uma em sua singularidade.

Contudo, urge que o Ministério da Educação, acrescente Educação acrescente na grade curricular das escolas conteúdos mais aprofundados sobre afrodescendência, indígenas, feminismo, histórias das lutas de resistência contra todo tipo de preconceito. Que os alunos possam ter contato não somente teórico, mas prático com a diversidade existente no nosso país, dessa forma também estendendo estendendo isso, também, para a sociedade, através de palestras, investimentos em museus, parques e a da valorização de patrimônios históricos. Para enfim históricos, para, enfim, termos uma sociedade mais tolerante e mais aberta a conhecer a cultura de diferentes grupos.

Comentário geral

Texto muito bom, com problemas pontuais de linguagem e coesão.

Competências

  • 1) Há muitos erros gramaticais e problemas de linguagem: o mais grave é ter jogado para o segundo parágrafo a frase que o inicia (assinalada em vermelho) que pertence, em termos de sintaxe, ao parágrafo anterior.
  • 2) O autor compreendeu o tema e desenvolveu um texto dissertativo-argumentativo.
  • 3) A argumentação é muito boa, apesar de um exagero "politicamente correto", quando, por exemplo, o autor afirma que o uso de fantasia de índio é uma forma de exaltação do passado colonial, em que o índio era visto (preconceituosamente) como selvagem a ser tratado com violência. Mesmo assim, no parágrafo seguinte, o autor justifica sua perspectiva, fazendo uma ressalva sobre o conceito de correção política, mostrando consciência de possíveis questionamentos à sua argumentação.
  • 4) O erro apontado no item 1 é também um erro de coesão, por se tratar do uso incorreto da conjunção subordinativa "uma vez que".
  • 5) Conclusão coerente com a argumentação, mas a sugestão de intervenção é padronizada (tomar medidas educacionais). Isso, até certo ponto, pode ser relevado, pois a própria competência 5 induz quem redige a apresentar sugestões para problemas muito complexos.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 120
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 160
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 160
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 120
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 160
Nota final 720

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.